sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Dicas para a criançada curtir o carnaval com segurança


Carnaval está aí chegando e não faltam bailinhos para a criançada curtir a festa. Seja na escola, em shoppings, eventos particulares ou públicos, a folia é certa e os pequenos e pequenas querem mais é saber de curtir. Mas, para que tudo transcorra da melhor forma possível e sem sustos, é preciso que alguns cuidados sejam tomados. O Conversinha de Mãe traz dez dicas para que essa comemoração seja só alegria, sem nenhum acidente.


1 – Confete e serpentina: Sinônimo de carnaval, todo cuidado com confete e crianças. Ele pode ser engolido e causar sufocamento. Já as serpentinas, especialmente as metálicas, são perigosas se jogadas para o alto, em ambientes abertos, ao atingir a rede elétrica;

2 – Espuma: Nos bailinhos é muito comum a utilização das espumas. Mas atenção: elas podem conter álcool e substâncias tóxicas, como o gás butano, que pode causar asfixia. Em contato com a pele também pode causar reações e conjuntivite alérgica;

3 – Fantasias: Carnaval sem fantasia não existe, né? Muita atenção na hora da compra. Fique atento a peças pequenas que possam se soltar ou que a criança retire e possa colocar na boca. Fique atento também à composição do tecido, para que não cause alergia à criança;

4 – Máscaras: Toda atenção com as máscaras, especialmente aquelas que envolvem toda a cabeça da criança, para que não cause sufocação;

5 – Vestimentas: Se a criança não quiser fantasia, escolha sempre peças de roupas frescas, para que ela fique bem à vontade para curtir a festa;

6 – Aviamentos: Nas roupas que as crianças vão usar no carnaval, esteja atento aos zíperes, se têm proteção na parte interna para não machucar a criança. Cuidado também com peças que têm cordão, para que não possa causar sufocamento ou ainda enganchar em brinquedos. Em peças de roupa e calçados que têm velcro, observe se as quinas são arredondadas, para que não soltem facilmente e, também, machuquem as crianças;

7 – Pinturas: É muito comum nessa época pintar o rosto da criança. Observe se a tinta utilizada é não-tóxica e se é própria para esse fim;

8 – Identificação: Leve sempre as crianças para os bailinhos com uma identificação, seja em forma de pulseira ou crachá, onde contenha o nome da criança, do responsável e algum número de telefone de contato. Essa identificação deve ser feita em material resistente, porque a criança irá suar bastante na festa;

9 – Hidratação: Não descuide da hidratação dos pequenos durante o carnaval. Como é uma festa onde eles, certamente, gastam muita energia, água, suco e água de coco não podem faltar;

10 – Alimentação: Opte por levar o lanchinho que a criança irá comer durante os bailinhos. Dê preferência às frutas, sucos naturais e alguma proteína para deixar os pequenos com a energia lá em cima.

Com certeza com essas dicas a folia vai ser só alegria!

Beijos!

Siga-nos no Instagram: @conversinhademae

Nenhum comentário:

Postar um comentário