sexta-feira, 15 de julho de 2016

O exemplo do professor Moisés

Nos últimos dias, a imagem de um professor universitário dando aula carregando um bebê correu o mundo e chamou a atenção de muita gente. A cena inusitada foi protagonizada pelo professor de Direito mexicano, o Moisés Reyes. Com ele, não estava um filho seu, mas o de uma aluna.

O gesto de segurar o bebê enquanto lecionava foi a forma que ele encontrou para acalmar o pequeno. Em uma foto publicada pelo próprio Moisés em seu perfil no Facebook, ele explicou que o bebê se tratava de um filho de uma aluna, que, apesar das diversas atribuições, não desistiu dos estudos.

A mãe do pequeno de seis meses é Yelana Salas, uma jovem de 22 anos sem ter com quem deixar o garoto levou-o à sala de aula, na Universidade Interamericana para o Desenvolvimento, no México. Lá pelas tantas, o bebê já com sono começou a ficar aborrecido e chorando. Ao ver a mãe sem conseguir acalmá-lo, o professor se ofereceu para ajudar e passou o restante da aula com o garoto, enquanto passava o conteúdo para a turma, dando a chance de a mãe poder anotar a matéria.

Infelizmente, a realidade de Yelana é a de muitas mães brasileiras. Várias desistem dos estudos justamente porque não têm com quem deixar seus filhos. Outras que não desistem acabam levando os filhos para as aulas, mas nem sempre se deparam com um professor tão compreensível quanto o Moisés Reyes ou ainda encontram turmas com colegas que não vêm com bons olhos a presença de uma criança, sem nem parar para pensar na situação da mãe que precisa estudar.

Então, só resta a gente torcer por um mundo com mais Moisés Reyes.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)


Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae

Nenhum comentário:

Postar um comentário