segunda-feira, 7 de março de 2016

Leite materno: Banco Leite precisa de mais doadoras

Apenas 103 doadoras de leite humano colaboraram com o Banco de Leite Humano Marly Sarney, em Aracaju (SE), durante os meses de janeiro e fevereiro desse ano. No entanto, nesse mesmo período, 220 receptoras foram beneficiadas. O leite humano doado através do banco ajuda a salvar a vida de dezenas de bebês que não tiveram como ser amamentados pelas suas mães.

Por isso, o Banco de Leite está fazendo uma campanha para que mais mães que podem doar a produção de leite excedente possam ajudar mais bebês a crescerem e se desenvolverem com saúde. Inúmeras pesquisas apontam as crianças que mamam no peito adquirem vários benefícios, entre eles, menores chances de desenvolver pressão alta, diabetes e obesidade, estando ainda propensos a se tornar mais inteligentes. 

Aqui em Aracaju temos nas próximas semanas dois grandes feriados, o dia 17, aniversário da capital, e a Semana Santa. nesses períodos, normalmente o estoque de leite sofre uma baixa e, aliado a isso, cresce a demanda das maternidades que são atendidas pelo "Marly Sarney".

“Como esse é um ato voluntário, solidário e espontâneo, temos dificuldades em conseguir doação, principalmente porque algumas mulheres ainda não conhecem o BLH e têm medo que seu leite diminua”, enfatiza a gerente do BLH, Hélia Karla Agapito.


De acordo com a Hélia Karla, a doação de leite humano é fundamental para garantir melhores resultados na recuperação dos prematuros. “Sempre precisamos de doações. Trata-se de uma situação preocupante e que só pode ser revertida com a doação. Doe leite, doe vida”, conclama a gerente do BLH.

O leite materno é o alimento mais completo para a criança, possui todos os nutrientes necessários e fornece proteção contra muitas doenças. O reduzido número de doadoras de leite humano influencia diretamente no desenvolvimento dos bebês prematuros internados em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) da MNSL.

Doação

Para doar o leite humano, as mães devem dirigir-se ao Banco de Leite Marly Sarney portando o Cartão da Gestante ou o exame pré-natal. No local, elas recebem as orientações de como retirar e conservar o leite materno.

Na unidade, a mãe receberá o material necessário para a coleta. Após essa fase inicial, o banco se encarrega de buscar periodicamente o leite na residência de quem doa.

Unidades do Banco de Leite Humano em Aracaju: 

Banco de Leite Humano Marly Sarney
Endereço: Rua Recife, s/n, bairro José Conrado de Araújo, ao lado da antiga Maternidade Hildete Falcão.
Telefones: 3226-6335/6337

Sala de Manejo da MNSL
Endereço: Anexo a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (Zona Oeste de Aracaju)
Telefone: 3225-8650

Quem ainda estiver amamentando e em condições de fazer doação, vamos ajudar. Se esse não é o seu caso, vamos sensibilizar outras mulheres para que possam ajudar a salvar vidas de tantos bebês.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae

Fonte: Ascom MNSL

Nenhum comentário:

Postar um comentário