segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Os vários dilemas de uma mãe moderna em debate

O dia nem termina e já começa a preparação para o próximo. Cuidado com os filhos, acompanhamento das tarefas escolares, levar para as aulas de natação, inglês, balé..., arrumação da casa, preocupação com a lancheira da escola, arrumação do uniforme, é a roupa para lavar, a pia para arrumar, colocar a turma pra dormir no horário e depois de tudo isso ainda dar uma geral pra ver o que ficou fora do lugar. Que mãe ainda não vivenciou por algumas (dezenas, talvez centenas) vezes essa cena? Mas, além dos afazeres mais domésticos, as mães modernas têm se deparado com uma série de dilemas próprios da contemporaneidade.

Desempenhar esses vários papéis de mãe, profissional, dona de casa e companheira, somado ao nível de exigência tanto da mulher quanto da sociedade, tem trazido uma série de dilemas que a mulher tem buscado enfrentar e contornar da melhor forma possível. E é para conversar com outras mães sobre como e a melhor maneira de enfrentar esses dilemas que será realizada, no próximo dia 11 de março, a primeira palestra do ciclo de debates “Dilema de uma mãe moderna: tudo que você deveria saber e ninguém te contou”.

O encontro para essa conversa está sendo promovido pela médica pediatra Natascha Bezerra. Há algum tempo ela já vinha desenhando esse projeto, que ficou mais importante depois que se tornou mãe e viveu na pele todos os altos e baixos da maternidade. “Quero associar minha experiência materna com meus conhecimentos médicos para ajudar o maior número de mães possível”, disse. Um pouco disso ela já faz no seu perfil no Instagram (@pediatria.com.amor) e agora levando mais para a vida prática.
"Ajudar o maior número de mães possíveis
com esses debates", diz a médica Natascha
Para ela, é muito importante as mães debaterem esse tema, porque hoje exercemos os mesmos papéis que a maioria de nossas mães desempenhou. No entanto, o nível de exigência sobre nós e cobranças de nós mesmas aumentou. “A competitividade, a cobrança e a exigência da sociedade e da própria mulher é muito maior nos dias de hoje. Se a mãe trabalha fora é julgada porque fica menos tempo com os filhos, se fica em casa é julgada também. Coloca na escola ou deixa com babá? Introdução alimentar? Que método uso? Que tipo de comida? Birra? Bullying? Deixo ver TV? E tablets? Cama ou berço? E todas essas perguntas têm dois lados. Quando temos a chance de debatê-las, podemos nos ajudar, compartilhar experiências e conversar com profissionais, e assim decidir, sem culpa, qual é o melhor para cada perfil de mãe”, explicou Natascha.

Durante a palestra, as mães e profissionais voltados à área materna poderão debater temas como a amamentação, o retorno ao trabalho após o nascimento do bebê, a introdução alimentar, quando iniciar na escola, a dificuldade de lidar com a birra, o uso das mídias sociais na educação, a terceirização dos cuidados da criança. “A nossa ideia é que as próprias mães escolham os temas a serem discutidos nos próximos encontros”, disse a pediatra.

Além da pediatra Natascha Bezerra, esse primeiro encontro terá a participação da psicóloga Raquel Bezerra e da especialista em amamentação e cuidados com o bebê Mariana Albuquerque. “Falaremos um pouco sobre a evolução da maternidade ao longo dos anos e sobre o primeiro dilema, que é a amamentação”, acrescentou.

A proposta é que a cada dois meses seja realizado um evento dessa natureza para se discutir em cada um deles um dos dilemas. “E em cada encontro levaremos um especialista da área para tirar dúvidas e falar sobre o assunto”, disse. A palestra Dilemas da Maternidade acontece no próximo dia 11, às 18 horas, no auditório do Hospital Primavera. A inscrição pode ser feita pelo telefone 79 3025-0227. A participação é gratuita, mas a sugestão é que os participantes levem uma lata de leite em pó, que serão doadas para comunidades carentes.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)


Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae

Nenhum comentário:

Postar um comentário