terça-feira, 24 de novembro de 2015

É preciso ficar atento para o diabetes em crianças

Novembro é o mês de conscientização sobre o diabetes. Há muito, essa doença deixou de estar associada, necessariamente, associada a pessoas adultas, mais velhas. Apenas no ano passado mais de um milhão de casos foram registrados em crianças no Brasil. É um número bastante elevado e que justifica por si só a necessidade de um alerta sobre como detectá-la o quanto antes, para que a criança possa ser tratada e conviver bem com o diabetes.

O tipo de diabetes que acomete crianças é o tipo 1. O diabetes tipo 1 é uma doença causada pela deficiência na produção da insulina, pois suas células responsáveis pela sua produção, as células B do pâncreas, são destruídas pelo próprio corpo. Assim, as pessoas que são acometidas pela doença, precisam de doses diárias de insulina para controlar os níveis de açúcar no sangue.

Também é chamada de diabetes infanto-juvenil por ser geralmente descoberta nos primeiros anos de vida e diabetes insulinodependente pela necessidade de injeções de insulina. O diabetes tipo 1 é a segunda maior doença crônica diagnosticada em crianças atualmente, só perdendo para asma.

Alguns sintomas são característicos da doença e servem como alerta para os pais. Entre eles estão sede mais intensa; fome, só que ao invés de engordar a criança tem perda de peso e rápido emagrecimento; mal-estar, sonolência e tontura; muitas idas ao banheiro para urinar; câimbras e formigamentos; além de visão embaçada.

Semana passada estava ouvindo uma entrevista com o endocrinologista Raimundo Sotero, onde ele alertava para esse aumento no número de casos de diabetes entre a população em geral, mas, especialmente entre crianças e jovens. Alguns fatores são contribuintes para isso, como aumento da obesidade e consumo excessivo de produtos industrializados.

Por isso a importância de uma alimentação saudável, tanto para crianças que não têm a doença como – e principalmente – para as que já foram diagnosticadas com diabetes. E aqui entra a tal da pirâmide alimentar. Seguindo a lógica do formato da pirâmide dividida em andares, quanto mais em cima estiverem os alimentos, menos eles devem ser consumidos. Os que estão na base devem ser privilegiados e consumidos em maior quantidade.

Observemos esse modelo da pirâmide e as explicações retiradas do site “Crianças com Diabetes” (http://criancascomdiabetes.fmrp.usp.br/) criado pela Faculdade de Medicina da USP, de Ribeirão Preto (SP), com informações para ajudar pais e profissionais ligados a crianças que possuem a doença. Mas vamos à pirâmide.
Energéticos: São aqueles que nos dão a energia para correr, brincar, pular e estudar durante o dia.
São os pães, a batata, a batata-doce, a mandioca, milho, arroz, o macarrão, mandioquinha. Você deve comer esses alimentos 4 vezes por dia.

Reguladores: São aqueles que ajudam dão vitaminas, minerais, fibras e água para o seu corpo a trabalhar bem durante o dia.
Eles são: as frutas e vegetais como cenoura, beterraba, alface, rúcula, almeirão, espinafre, brócolis, abobrinha, chuchu, tomate, etc. Você deve comer esses alimentos 4 vezes por dia.

Construtores: São aqueles que servem para seus músculos aumentarem, para que você fique forte e cresça bastante.
Leites, queijos e iogurtes, carne, feijão e ovos: você deve comer de 2 a 3 vezes no dia algum desses alimentos.

Energéticos extras: São aqueles que nos dão energia em grandes quantidades e podem fazer mal para o nosso organismo.
São os açúcares e óleos, isso inclui os doces e as frituras. Se você é diabético e usa uma insulina de ação intermediária, você não deve colocar mais açúcar além do que já contém nos alimentos.
* Para pessoas com Diabetes Mellitus tipo 1 não é aconselhado que adicionem açúcar nas preparações na maioria dos casos. Converse com seu médico para saber mais ou nos deixe uma pergunta em nosso fórum.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)


Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae

Nenhum comentário:

Postar um comentário