domingo, 5 de julho de 2015

Gravidez e exercícios físicos: é possível, sim!!!

Exercícios físicos sempre fazem bem à saúde. Engana-se quem pensa que na gravidez eles não são um aliado não apenas contra o ganho excessivo de peso como também para ajudar na saúde e dar mais disposição à futura mamãe. Especialistas reconhecem que eles são fundamentais para uma gravidez saudável. A menos que a grávida tenha alguma restrição ou recomendação do obstetra, a atividade física é sempre bem-vinda.

Gravida pela primeira vez, a jornalista Iana Queiroz está com 13 semanas de gestação. Ela sempre praticou atividade física. “É algo que faz parte de mim. Não sei viver sem”, enfatiza. Quando soube que estava grávida, a primeira coisa que perguntou à obstetra foi sobre a prática dos exercícios durante a gravidez. Iana conta que por orientação dela, deu uma parada da parte mais pesada.
A mamãe Iana Queiroz não descuida da atividade física
“Mas estou fazendo caminhada todos os dias. Minha preocupação não é somente não ganhar tanto peso, mas manter a saúde bem, em relação as questões cardiovasculares e respiratórias”, contou. Mas depois da próxima consulta com a obstetra Iana já saberia se poderia voltar a fazer uma musculação mais leve e ganhar sinal verde para a hidroginástica, “coisa que estou muito ansiosa. Pois adoro exercícios aquáticos e soube que o bebê adora”, emendou a futura mamãe que está numa gestação bastante tranquila.
Movimente-se
E é o que os especialistas dizem: mexer-se durante a gravidez, mantendo uma rotina de exercícios físicos, ajuda ter uma gestação saudável. Além de aumentar a resistência e a força e melhorar o tônus muscular, o que já acontece a qualquer pessoa que pratica atividades físicas regulares, na gravidez esses exercícios ajudam a diminuir as dores nas costas, a prisão de ventre, a fadiga e o inchaço, tão comuns às futuras mamães.

A ginecologista e obstetra Erica Mantelli explica como o corpo da gestante reage aos exercícios. “Ao realizar atividades físicas a gestante está contribuindo para que seu corpo suporte melhor os quilos extras que chegam com o bebê, está se preparando para o esforço necessário na hora do parto e também contribuindo que seu corpo retorne à forma mais facilmente depois da gravidez”, explicou.

Os exercícios mais indicados para as gestantes são os praticados na água, como natação ou hidroginástica, por serem de baixo impacto, e os exercícios posturais, como a yoga, o RPG e o pilates. Mas para que tudo ocorra bem é importante consultar um médico antes de começar qualquer atividade. É ele quem saberá indicar o mais apropriado para cada gestante.

Mulheres que possuem problemas cardíacos, que correm risco de trabalho de parto prematuro, com gravidez múltipla ou quando o feto está com crescimento inadequado não devem realizar a prática esportiva. Por isso, antes de iniciar uma atividade física na gravidez ou manter o ritmo do que fazia antes da gravidez procure sempre orientação com seu médico.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)


Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae

Nenhum comentário:

Postar um comentário