quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Campanha de vacinação contra o sarampo e paralisia começa próximo dia 8

Foi lançada nesta quinta-feira, dia 30, a Campanha Nacional de Vacinação contra a paralisia infantil e o sarampo. O objetivo do Ministério da Saúde é manter a erradicação da pólio e garantir a eliminação do sarampo no Brasil. A campanha começa no dia 8 de novembro. A expectativa é que mais de 11 milhões de crianças sejam vacinadas até o dia 28 de novembro.


Este ano, o Dia D de Mobilização Nacional será realizado em duas datas: no primeiro dia da campanha, 8 de novembro, e no dia 22. A meta é atingir a cobertura vacinal de 95% do público-alvo. Contra a poliomielite – responsável pela paralisia infantil – devem ser vacinadas crianças de seis meses até menores de cinco anos.

Já a vacina tríplice viral, destinada à vacinação contra sarampo, caxumba e rubéola, será aplicada em crianças de um ano a menores de cinco anos. A estimativa é promover a vacinação de 10,9 milhões de crianças. O Ministério da Saúde distribuirá cerca de 12,5 milhões de doses da vacina. A campanha de seguimento contra o sarampo será realizada em todos estados e no Distrito Federal, sendo que no estado do Ceará e em alguns municípios de Pernambuco a vacinação foi antecipada para interromper a cadeia de transmissão do vírus devido ao registro de casos da doença em 2013 e 2014.

Desde 1990 o brasil está livre da poliomielite, sem ocorrência de novos casos e em 1994 o país recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem em seu território. Por isso a vacinação é fundamental para evitar a reintrodução da doença no Brasil, pois em outros países ainda há a ocorrência da pólio.

Os casos de sarampo têm voltado a ocorrer no Brasil, importados ou relacionados à importação, com concentração deles nos estados do Ceará e Pernambuco. O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade do sarampo, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. A única forma de prevenção é por meio da vacina.

A campanha
A Campanha Nacional de Vacinação foi lançada hoje pelo Ministério da Saúde, que apresentou as peças publicitárias que começarão a ser veiculadas já na próxima semana com personagens bem presentes no atual universo infantil: a Peppa Pig e os Minions, além de se inspirar também nos mangás, histórias em quadrinhos de origem japonesa.

Então não vamos esquecer de levar nossos pequenos para vacinar.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae

Fonte: Agência Saúde

Foto: Erasmo Salomão/MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário