quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Comidinha preparada no capricho para aguçar o paladar

 
Não basta ser mãe, tem que ser artista. Não basta ser cozinheira, tem que saber abrir o apetite pela visão que se tem do prato. Que se come com os olhos, a gente já sabia, mas essas japonesas são espertinhas mesmo, viu. E haja criatividade! Semana passada, vendo uma matéria num telejornal, fiquei encantada com a habilidade e o capricho das mamães nipônicas em preparar o alimento que os seus filhos levam para comer na escola.

Os “bentôs” (que são as lancheiras de almoço que as crianças japonesas levam para a escola” são verdadeiras obras de arte. A maioria das mães dedica minutos a preparar refeições não apenas gostosas, mas atrativas, que façam com que os pequenos sintam prazer em comer.
Não é exagero dizer que são verdadeiras obras de arte. O arroz, o peixe, o omelete, a alga tão usada na culinária japonesa, tudo enfim é modelado para que ganhe forma de bichinhos, estrelas, flores, personagens de desenhos animados, enfim, o que a criatividade e a habilidade da mamãe permitir.

Confesso que não tenho habilidade para tanto, mas é uma dica pra que a gente, na medida do possível, possa preparar refeições, seja na lancheira da escola ou no almoço, jantar e café da manhã em casa.

Beijos

@conversinhademae (no IG)

@conversinhadmae (no Twitter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário