segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Aracaju realiza a 7ª edição da Maratoninha

No próximo domingo, dia 28, Aracaju (SE) recebe mais uma edição do Circuito Caixa de Maratoninha, o maior evento de corrida infantil do país, volta à Aracaju para a 7ª edição na capital sergipana. A expectativa é de reunir 1.600 crianças em todas as largadas. A corrida tem largada às 8 horas, no estacionamento da Orlinha da Coroa do Meio. Este ano, o padrinho do evento em Sergipe é o atleta Vanderlei Cordeiro.

Agora em 2014, o Circuito Caixa de Maratoninha tem 23 etapas em todo país. A novidade este ano em relação ao anterior foi a inclusão de Sorocaba (SP), além das cidades de Campo Grande, Uberlândia, Belo Horizonte, Vitória, Paulínia, São José do Rio Preto, Londrina, Curitiba, Florianópolis, Joinville, Maceió, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Teresina, São Luís, Brasília, Goiânia, Palmas e Cuiabá.

A prova é dividida em quatro categorias: de 6 a 8 anos de idade; de 9 e 10 anos; de 11 e 12 anos; e categoria especial (até 12 anos). A Maratoninha terá percursos de 300m e 100 metros (categoria especial). Os vencedores de cada bateria serão premiados com uma bicicleta. Todos os participantes receberão camiseta, boné e medalha.

Breve histórico
A Maratoninha foi idealizada por Jamil Elias Suaiden, proprietário da GV2 Produções, organizadora do evento. Ex-ciclista profissional e representante do Brasil nas Olimpíadas de Atlanta (1996), Jamil inaugurou a Maratoninha em outubro de 2002, em comemoração ao Dia das Crianças, em Brasília. Mais de 800 crianças de vários projetos sociais da cidade participaram. No ano seguinte, eram 1500 crianças de 6 a 12 anos de idade.

Em 2004, com o projeto para a criação do Circuito Maratoninha, o campeonato já alcançava cinco cidades brasileiras. A partir daí, o número de cidades que abraçou a ideia não parou de crescer. Em 2008, a Maratoninha esteve presente em 18 cidades brasileiras. Em 2010, em 21. Hoje são 23 etapas em todo o Brasil.

Inclusão Social
Mas o grande mérito da Maratoninha é o trabalho de inclusão social que ela faz. Noventa por cento dos participantes são crianças inseridas em projetos sociais financiados pelo Estado, pela iniciativa privada ou por pessoas que fazem um trabalho de assistência a crianças de famílias carentes ou em situação de risco. Além de democratizar o esporte e gerar mais saúde física e mental, a Maratoninha é um meio de ascensão social e de ingresso na sociedade.

Presenças ilustres
Para abrilhantar mais ainda essa grande festa, alguns convidados muito especiais estão sempre presentes. Cada etapa é acompanhada por um “Herói do Atletismo”, ex-atleta olímpico que hoje atua em programas esportivos de resgate da cidadania de jovens carentes: Claudinei Quirino, Vanderlei Cordeiro, Cláudio Roberto, Edson Luciano, André Domingos, Arnaldo de Oliveira, Vicente Lenilson e Robson Caetano. “Heróis do Atletismo” é um programa da CAIXA.

As inscrições podem ser feitas Mais informações sobre o Circuito Caixa de Maratoninha podem ser obtidas através do site www.maratoninha.com.br ou, aqui em Aracaju, através do telefone (79) 9144-6991.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)


Fonte: Assessoria de Imprensa Caixa Econômica Federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário