segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Missão mãe: montar uma lancheira saudável

As aulas recomeçaram e uma das tarefas mais difíceis e preparar uma lancheira atrativa, saborosa e saudável. No meu caso, isso é ainda mais difícil porque Beatriz é ruim de jogo no que se refere a lanche. Por ela, seria biscoito de chocolate todos os dias, de preferência acompanhado sempre por um docinho (uma bala, jujuba, chocolatinho...). Mas eu sei que isso não é nada nutritivo e saudável.

Por isso, tenho variado com um biscoito, sanduíche de queijo, bolinho feito em casa e alguma fruta, para ver se ela se acostuma. Mas fazer essa variação que muitas vezes é complicado.

Para ajudar outras mamães que se encontram na mesma situação que eu, trago hoje aqui no Conversinha de Mãe algumas informações e dicas publicadas hoje na página da Empresa Brasil de Comunicação para pais, além de algumas dicas sobre como preparar uma lancheira saudável, que foram dadas pelo site Entre Legumes e Verduras (www.entrelegumeseverduras.com.br)
Os lanches devem ser um complemento das refeições principais, portanto não devem ser volumosos e não têm a necessidade de saciar a fome. A orientação é da nutricionista Cláudia Lobo, que esclarece que se a criança comer muito na hora do lanche, ou vai atrapalhar a refeição seguinte, ou ela vai ingerir calorias excessivas, podendo engordar.

A especialista sugere que antes de os pais prepararem a lancheira do filho é necessário que a planejem. “Um lanche nutritivo deve ter um tipo de carboidrato junto com uma fonte de proteína”, explica. Um exemplo desta combinação é sanduíche com queijo branco ou com uma carne fria. Outras opções sugeridas pela nutricionista são: ovinho de codorna espetado com tomate, espetinho de frutas, salada de frutas com iogurte, frutas com farofa de amendoim torrado, bolo caseiro, pão de queijo caseiro, tapioca com queijo e banana, frutas secas, nozes e castanhas.

Sobre os produtos industrializados, tão práticos e gostosos para o paladar infantil, Cláudia pede que sejam evitados. “São uma bomba de açúcar, corantes e conservantes. Uma vez ou outra, não tem problema, mas a constância vem envenenando as nossa crianças”, opina. Ao que acrescenta: “Tudo que é mais natural e é feito em casa, é mais nutritivo”.

Dicas para montar uma lancheira saudável
As dicas a seguir são da nutricionista Daniela Bicalho, publicadas no site Entre Legumes e Verduras, do qual é colaboradora.

1. Cuidado com bolinhos industrializados: evite os bolinhos industrializados, eles são ricos em açúcares e gorduras. Faça a opção por bolos caseiros, tais como: bolo de laranja, limão, cenoura ou fubá. Você pode até ousar um pouco mais e fazer bolo integral em casa (isso mesmo, com farinha de trigo integral ou mesmo que tenha na composição um pouco de aveia, linhaça, chia…) e se tiver fruta na composição dele, melhor ainda!

2. Evite sucos de caixinha: estes sucos de caixinha tipo néctar são riquíssimos em açúcar, assim como os refrigerantes. O suco de fruta natural é sempre a melhor opção. Uma segunda sugestão seria os sucos de polpa congelada. Mas deve ser colocado em uma garrafinha térmica, pois ela protege da luz e da temperatura e isso impede que o suco fique oxidado, o que deixaria com um sabor azedo. Apesar de alguns estudos mostrarem que há uma redução de vitamina C após 4 horas do preparo, os sucos de maracujá, acerola e abacaxi, sofrem menor oxidação e não alteram seu sabor por até 6 horas. Por isso, prepare o suco perto do horário de ir para a escola.

3. Abuse da água de coco: A água de coco em caixinha é uma ótima opção para os dias de calor. Além de hidratar, ela tem muitos minerais. Bom para fugir dos sucos de caixinha.

4. Invista nas frutas: Frutas são sempre uma ótima opção, mas tome cuidado com o seu armazenamento. Uma dica é embalar no papel toalha ou plástico as frutas mais sequinhas e com casca como: banana, maçã, tangerina ou pera. Para as frutas pequenas ou que amassam facilmente, como o morango, a uva, a cereja… coloque em um potinho para não prejudicar a aparência, já que primeiro comemos com os olhos. E para as crianças então, imagem é tudo! Ah! E você pode usar aqueles potinhos bonitinhos que existe no formato e cor das frutas, sabe?! As crianças vão adorar!
  
5. Fuja dos biscoitos recheados: Os biscoitos recheados são ricos em açúcares e gorduras, por isso prefira os biscoitos sem recheio assim como os biscoitos tipo maria, maisena ou água e sal. Cookies integral também é uma boa. Você pode até pegar uma receita e fazer em casa, no final de semana com seu filho para ele levar na escola durante a semana. Ele vai amar a ideia!
6. Utilize pãezinhos com patê caseiro: Outra ideia legal é utilizar pãezinhos, de preferência integral. Tem bisnaguinha integral, mini pão sírio integral, mini pão francês integral, mini pão multigrãos… Para o recheio: patê caseiro de ricota com linhaça ou chia; queijo branco com cenoura; peito de peru com tomate e requeijão, geleia de frutas…

7. Escolha alimentos ricos em fibra: As barrinhas de cereais ou mesmo pacotinhos de frutas desidratadas também são ótimas opções, por serem ricos em fibras.

8. Utilize legumes baby: Os legumes também podem ser utilizados para variar, como por exemplo o tomatinho cereja ou a cenoura baby. Você pode colocar num potinho, tomate-cereja com alguns cubinhos de queijo branco, tudo bem temperadinho!!! Hummmm...

9. Prefira os iogurtes: Outra boa opção é o iogurte, ele é rico em proteínas e cálcio importante para os ossos e dentes. Mas temos que ter alguns cuidados, já que é um alimento muito perecível. Deixe para tirar da geladeira próximo do horário de ir para a escola. E nem arrisque colocar na lancheira do seu filho nos dias de muuuuito calor!

10. Eleja os cereais matinais: Para acompanhar o iogurte uma ótima opção são os cereais matinais em embalagem individual, como: o flocos de milho (se possível, sem açúcar) ou até mesmo a granola.

Algumas vezes, esta tarefa parecer não ser fácil mas, agora você sabe que pode utilizar produtos saudáveis e práticos para compor a lancheira. Só tome cuidado para não cair na tentação de rechear a lancheira da garotada com alimentos industrializados, ricos em açúcar e gordura, hein?!

Vamos tentar, não é, meninas?

Beijos


@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário