quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Sábado será realizada caminhada para marcar o Dia Mundial do Diabetes


“Protegendo o nosso futuro”. Esse é o tema da campanha que marca o Dia Mundial do Diabetes, comemorado em 14 de novembro. A data é uma maneira de chamar a atenção para a conscientização e defesa dessa doença, colocando o tema em foco. Para isso, em várias partes do mundo é realizada uma caminhada. Em Sergipe, ela será realizada neste sábado, dia 9.

A concentração da caminhada acontece às 14h30, com saída prevista para as 15h30, na praça do Mini Golf, com destino ao Parque da Sementeira. Todos podem participar. Em Aracaju, a iniciativa é da Sociedade Brasileira de Diabetes e da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regionais Sergipe, que tem à frente a médica Naira Horta (SBD) e Raimundo Sotero (SBEM). A expectativa dos organizadores é que a caminhada reúna milhares de pessoas, se transformando num clamor para a conscientização em defesa dos diabéticos como foco de atenção internacional. Hoje no mundo são 300 milhões de pessoas com diabetes.

De acordo com o endocrinologista Raimundo Sotero, é importante que as mães estejam atentas à saúde dos seus pequenos. O diabetes tem sido uma doença preocupante também na infância. Segundo ele, atualmente tem ocorrido um aparecimento muito grande de casos de diabetes tipo 2 em crianças, o que há algum tempo não acontecia. Os motivos apontados para isso, infelizmente, já são bastante conhecidos como causas de outras doenças, também.

“Com a mudança dos hábitos alimentares, o consumo elevado de fast food, guloseimas e o sedentarismo, estamos fazendo com que essas crianças que não tinham diabetes tipo 2 comecem a desenvolvê-la”, explicou o médico, acrescentando que o diabetes tipo 2 é prevenível e ocorre mais na quarta ou quinta década de vida, enquanto a diabetes tipo 1 normalmente era a que mais acometia crianças até alguns anos atrás, situação mudada com esses novos hábitos.

Para ele, diante disso é preciso que as mães estejam atentas, em alerta e tenham alguns cuidados adequados na alimentação das crianças. Refeições baseadas, principalmente, no consumo de frutas, verduras, leguminosas, principalmente, feijão, evitar excesso de carboidratos, o uso abusivo de açúcar, derivados e refrigerantes são alguns deles que, além de evitar o diabetes, colaboram para o não aparecimento de outros problemas como hipertensão arterial e colesterol alto.

Sotero informou que hoje o diabetes acomete de 6% a 10% das crianças. “Temos que preparar a criança para o futuro, porque os infartos estão começando aos 20 anos. Isso é decorrente da falta de hábitos alimentares adequados”, alertou. O médico lembrou que nossos antepassados viviam menos, mas viviam melhor. Hoje, disse ele, temos mais longevidade, mas as doenças crônicas estão acontecendo com mais frequência. “E estamos morrendo de maneira muito mais infeliz que eles”.

Então, estão todos convidados para participar da caminhada, que tem organização da equipe do Centro de Diabetes de Sergipe em conjunto equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju. Várias outras entidades e parceiros estão juntos na realização do evento, como Associação Sergipana de Proteção ao Diabético (Aspad), Sociedade Brasileira de Diabetes regional Sergipe (SBD/SE), Sociedade Brasileira de Endocrinologia (SBEM), Sociedade Médica de Sergipe (Somese), a Academia Sergipana de Medicina, entre outros.

Beijos

@conversinhademae


Nenhum comentário:

Postar um comentário