terça-feira, 7 de maio de 2013

Primeiras palavras


Nós mães passamos por cada situação, não é, gente? São 9 meses de gravidez, meses intermináveis de enjoos, um sem número de noites mal dormidas por conta do barrigão, outras tantas depois que o bebê nasce, para dar atenção quando ele não dorme, horas com ele “pendurado” no peito mamando, a qualquer hora do dia ou da noite...

Aí acontece que ele vai crescendo, crescendo até que, na semana do Dia das Mães, a pessoa ganha um “belo” presente: a filha de 5 meses balbucia suas primeiras palavras... Tcharan... Eis que ela diz: Pa-pa! E repete, repete – com aquela boquinha murcha típica dessa idade – como se aquelas fossem as palavras mais lindas do mundo.

É, fazer o que? Ser mãe é também saber conviver com esses momentos, não é Rebeca? Minha esperança era que você falasse primeiro “ma-mã”, já que sua irmã Beatriz também chamou o papai primeiro, mas o que se há de fazer, né? Ainda bem que seu papai merece essa homenagem, viu menina!

Sei que em breve você me chamará também. Enquanto isso, só eu continuo tendo o privilégio de receber seu sorriso, seu olhar tão próximo e seu carinho enquanto te amamento. Afinal de contas, esse é um prazer que só nós mães temos.

E na casa de vocês, quem o bebê chamou primeiro? Deixem comentários.

Beijos

@conversinhadmae

Um comentário:

  1. kkkkkkkkkkk.....assim, Giovanna ainda não formou nenhuma palavra,bem eu não lembro, ela apenas grita, grita e grita,kkkkk,babababa,acho q isso...

    Danielle Santaren

    ResponderExcluir