segunda-feira, 11 de março de 2013

UTQ alerta sobre os cuidados para evitar acidentes


Referência no estado, a Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) realizou, no ano passado, 106 atendimentos a crianças de até 12 anos, enquanto, em 2011, foram registrados 123 procedimentos para a mesma faixa etária. Neste ano, até o momento, apenas seis crianças foram atendidas no setor. As internações de pacientes realizadas na UTQ são destinadas aos casos de grande porte. Os mais simples são atendidos no pronto socorro do Huse. 

"A UTQ é uma unidade de internação e realizamos o atendimento ao queimado que necessita de curativo cirúrgico diário. As queimaduras por acidentes com fogos de artifício, como acontece no mês de junho, são resolvidas no pronto socorro e no centro cirúrgico", disse a enfermeira Wandressa Nascimento Santos.

De acordo com a médica pediatra da UTQ, Michaellis Cavalcante Aires, alguns cuidados podem ser tomados para evitar queimaduras em crianças. A maior causa de queimaduras nessa faixa etária é por derramamento de líquido aquecido, seguida de fogos de artifício. "Os pais não devem permitir crianças na cozinha. É preciso, inclusive, colocar uma grade de madeira ou de ferro na porta deste ambiente, isolando-o. A maioria das queimaduras em crianças é por líquido quente, ao contrário do que pensam, as principais causas de queimadura não são os fogos. Os pais devem estar sempre em alerta, pois a criança é ágil e, em um segundo, já consegue modificar toda uma situação. Essa criança deve ser orientada a todo o momento quanto às tomadas, panelas quentes e por entrar na cozinha. Outro perigo é o uso de velas em casa. Ao dormir, o adulto deve se certificar que todas as velas estão apagadas", afirmou.

A médica alerta ainda sobre os riscos do andador. "É muito perigoso o uso deste equipamento porque ele é o maior causador de traumatismo craniano em crianças e também é um dos maiores motivos dos casos de queimaduras. A criança perde o equilíbrio em cima das rodinhas e sai esbarrando nos móveis ou mesmo puxa as toalhas de mesa. Temos um caso recente em que uma criança que utilizou este equipamento, sofreu um acidente, teve grandes queimaduras e veio para UTQ", apontou. 

Primeiros socorros 
A médica Michaellis Cavalcante destaca os primeiros cuidados às crianças vítimas de queimaduras. "A primeira iniciativa é retirar toda a roupa da criança e colocá-la sob água corrente e fria. Isso deve ser feito pelo máximo período de tempo possível para esfriar a lesão. Se o local não é resfriado, a lesão vai aumentar e o calor se dissipará pela área atingida queimando até outras áreas", explica. 

A profissional ressalta ainda que não se pode colocar nada em cima das lesões. "Existe uma atitude errada das pessoas em colocar pó de café, hipoglós, manteiga e gema de ovo. Isso não deve ser feito. O melhor é colocar apenas a água fria e, em seguida, encaminhar o paciente a um hospital de referência para queimados", falou.

Ficam aí essas orientações tão importantes.

Beijos

@conversinhadmae

Fonte: Ascom SES

Nenhum comentário:

Postar um comentário