sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Coleção Itaú ganha versão fonte ampliada e braille


A Coleção Itaú de Livros Infantis ganha versão em fonte ampliada e braille para contemplar também as pessoas com deficiência visual. Serão distribuídas, para serem lidas a crianças de até cinco anos, 2 mil coleções compostas por três títulos recomendados por especialistas em literatura infantil, além de folheto com dicas de leitura e adesivo. A versão acessível foi produzida a pedido da Fundação Itaú Social pela Fundação Dorina Nowill para Cegos.

Serão disponibilizados os mesmo títulos da versão original, que são: Lino, de André Neves (Editora Callis); Poesia na varanda, de Sônia Junqueira (Editora Autêntica); e O ratinho, o morango vermelho maduro e o grande urso esfomeado, de Don e Audrey Wood (Editora Brinque-Book). A iniciativa, do programa Itaú Criança, integra um amplo conjunto de ações que são parte do investimento social do Itaú. O objetivo é contribuir para a garantia de direitos da criança e do adolescente.

Por meio da leitura, oferecidos à criança o acesso à cultura, ao lazer, à educação, além da convivência familiar e comunitária, direitos fundamentais de toda criança e adolescente.  “Este ano, estamos levando às pessoas cegas e com baixa visão essa campanha como uma forma de colocar em pauta a questão da leitura e convocar toda a sociedade, com e sem deficiência visual, a refletir sobre a importância de estimular todas as crianças a esse hábito”, pontuou Antonio Matias, vice-presidente da Fundação Itaú Social.

Pais, educadores, voluntários de instituições sociais e demais interessados obtêm mais informações pelo site www.itau.com.br/itaucrianca e as pessoas com deficiência visual tem acesso à coleção em braille pelo endereço: ww2.itau.com.br/itaucrianca/peca_colecao_braile.aspx 

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário