quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Berços: agora só certificados

A partir de agora, quem for comprar berço tem que estar de olho em mais um item essencial: se o produto tem o selo do Inmetro. Desde este mês, só podem ser comercializados no Brasil berços que tenham essa certificação, tanto os que são fabricados no país como os importados. A exigência passou a ser feita pelo instituto de metrologia depois que, no ano de 2007, fez um teste e todos os modelos existentes no mercado brasileiro foram reprovados.


De olho na segurança, a partir de agora só podem ser comercializados os produtos que observarem as normas e forem certificados. Isso significa dizer que esse tipo de produto tem que ter cantos arredondados, visando que os bebês não se machuquem. Eles também não podem ter furos ou aberturas maiores que sete milímetros, para não prender o dedo do bebê. Outro item observado foi o espaço entre as grades, que deve ter entre quatro 4,5cm e 6,5 cm. Também estão proibidos parafusos sem bucha, peças pequenas e adesivos dentro do berço.

Com certeza esses cuidados deixam qualquer mamãe tranquila de que seu bebê está seguro. Então, na hora de comprar é seguir a orientação do Inmetro e só comprar berço que tenham esse o selo de certificação do instituto.

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário