sábado, 26 de maio de 2012

Mais uma semana pra vacinar



Diante do percentual baixo de pessoas que procuraram a vacina contra a gripe, o Ministério da Saúde prorrogou a 14ª edição da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que seria encerrada na última sexta-feira. Com isso, gestantes, idosos acima de 60 anos, crianças entre seis meses e menores de dois anos, profissionais de saúde e indígenas têm até a sexta-feira, dia 1º de junho, para se vacinar. A meta é imunizar pelo menos 80% dessa população alvo, mas o balanço parcial da campanha em todo país apontava cobertura de apenas 52,5%.

A vacina é oferecida gratuitamente nos 34 mil postos de saúde de todo o país e protege contra os três vírus que mais circulam no Brasil, além de ser a melhor maneira de evitar a gripe. O principal objetivo da campanha de vacinação é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações provocadas por infecções do vírus da gripe. Como resultado da imunização, em 2011 houve redução de 64,1% nas mortes por agravamento da gripe H1N1 – foram 53 óbitos, contra 148 no ano anterior. Já o número de casos graves notificados diminuiu 44% - de 9.383 para 5.230. No entanto, se não forem mantidas as altas coberturas vacinais, esses números poderão voltar a se elevar neste ano.

Em Sergipe, Estado onde moro, até a sexta-feira, tinham sido vacinadas 185 mil pessoas, o que representa 63% da população alvo. Somente a vacinação ao público indígena ainda não tinha sido contabilizada. Do público infantil, 40 mil, 70%, foram vacinados.  18.250 trabalhadores da saúde, ou seja, 62,25%, já receberam a dose. Já as gestantes somam 15.563 doses aplicadas, 59,12%. Por fim, os idosos representam 111.100 pessoas vacinadas, 60%, que é o público que mais preocupa pela vulnerabilidade e que menos foi vacinado.

Então fica o alerta para quem ainda não se vacinou, para que não deixe de tomar sua dose e assim estar preparado para não encarar essa doencinha chata, que começa a ter maior incidência agora, com a proximidade do inverno.

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário