segunda-feira, 30 de abril de 2012

Alimentação adequada pode reduzir mortes de crianças



Com o objetivo de fortalecer as ações de combate à redução da mortalidade infantil, o Ministério da Saúde reestruturou a política de alimentação das crianças com até dois anos de idade.  A partir de agora, a Rede Amamenta Brasil e a Estratégia Nacional de Promoção da Alimentação Complementar Saudável (ENPACS) serão integradas. A proposta de integração surgiu de demandas dos próprios profissionais dos estados e municípios em trabalhar, ao mesmo tempo, a amamentação e a inclusão de alimentos sólidos na dieta das crianças, pois as duas estratégias são complementares.

A iniciativa reforça o compromisso do Ministério da Saúde com os objetivos do milênio em reduzir a mortalidade, além de valorizar a formação dos recursos humanos na Atenção Básica. “Com a integração das duas estratégias, as Unidades Básicas de Saúde estarão mais preparadas para receber, orientar e apoiar as famílias na promoção do aleitamento materno e da alimentação complementar”, afirma o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães, que participa do evento.

A estratégia foi lançada no último sábado durante o Congresso Mundial de Alimentação e Nutrição em Saúde Coletiva – World Nutrition Rio 2012 – que aconteceu na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), até hoje.

A Rede Amamenta e Alimenta Brasil - inserida na Rede Cegonha - reforça e incentiva a promoção da alimentação saudável para crianças menores de dois anos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

APOIO - A medida tem o objetivo de qualificar os profissionais da Atenção Básica por meio de oficinas de formação de tutores responsáveis por apoiar no planejamento, acompanhamento e fortalecimento de ações de promoção, proteção e apoio do aleitamento materno e da alimentação complementar nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Até 2013, serão realizadas cerca de 50 oficinas de formação de novos tutores e o objetivo é expandir o projeto para todas as UBS do país.

A junção é o resultado do apoio conjunto entre as duas áreas do MS com o apoio do Departamento de Apoio à Gestão Participativa (DAGEP/SGETS/MS), além da participação de especialistas que acompanharam o processo de implementação da Rede Amamenta Brasil e da ENPACS.

ORIENTAÇÃO – Com a integração das duas estratégias as famílias atendidas pelo SUS poderão obter informações sobre a importância do aleitamento materno e da alimentação complementar em crianças com até dois anos de idade. O Ministério da Saúde também elaborou um guia de alimentação  que auxilia os profissionais de saúde.

Uma dieta saudável nos primeiros anos de vida ajuda a prevenir doenças, infecções, a desnutrição e a carência de ferro, zinco e vitamina A, além de prevenir a obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis que podem aparecer posteriormente.
Atualmente, no Brasil, 50% das crianças menores de dois anos apresentam anemia por deficiência de ferro e 20% apresentam hipovitaminose A, problemas decorrentes da alimentação inadequada.

Estima-se que as ações de promoção aleitamento materno e de alimentação complementar sejam capazes de diminuir, respectivamente, em até 13% e 6%, a ocorrência de mortes em crianças menores de cinco anos em todo o mundo.

Beijos

@conversinhadmae
Fonte: Ascom Ministério da Saúde

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Água: perigo para crianças


Aí, gente, é lamentável que casos assim continuem acontecendo. Roda e via a gente volta a ouvir notícias sobre casos semelhantes. Fiquei chocada ao ver no noticiário há pouco a informação da morte de mais uma criança por afogamento em casa. O caso aconteceu hoje, com um bebê de 11 meses, cuja família mora no povoado Quilombo, no município de Lagarto, na região Centro-sul de Sergipe.

O pai teria saído para trabalhar e a neném ficou com a mãe em casa. A mulher estava fazendo as tarefas domésticas e não se deu conta quando a pequena foi para o quintal brincar. A menina teria caído de cabeça num balde com água. A criança ainda foi socorrida ao hospital, mas faleceu antes de ser atendida.

Que dor terrível para esta família, não? A gente nem consegue imaginar. Mas as estatísticas mostram que quando se trata de afogamentos de crianças casos assim são mais comuns do que se imagina e poderiam ser prevenidos. No Brasil, o afogamento é a segunda causa de morte entre os acidentes de crianças e adolescentes até 14 anos. Só perde para os acidentes de trânsito

A ONG Criança Segura fez um estudo com base nos números de mortalidade de 2009 do Ministério da Saúde e apontou que embora rios, mares e lagos sejam os locais de maior risco, 37% dos afogamentos não tiveram local identificado e 5% foram classificados como “outros”. No ano analisado, 3% das vítimas tinham menos de um ano de idade e 35% das vítimas tinham entre um e quatro anos.

Então, gente, cuidado, cuidado, cuidado, cuidado e mais cuidado ainda quando se fala de água e criança. Já publicamos aqui no Conversinha de Mãe algumas dicas da ONG Criança Segura para a prevenção de afogamentos, mas vamos repeti-las:

- Supervisão total do adulto;
- Uso de colete salva-vidas pelas crianças em piscinas, mares e rios;
- Armazenamento de baldes e banheiras com água no alto e virados para baixo, quando vazios;
- Banheiros e vasos sanitários fechados;
- Esvaziar piscinas infantis e tampar com lona bem presa as piscinas “regan” após o uso.

Beijos

@conversinhadmae

terça-feira, 24 de abril de 2012

Amei! Tal mãe, Tal filha


Essa modinha de mãe igual à filha tem minha simpatia já há algum tempo. Não só minha, mas de minha pequena Beatriz e de outras amigas que têm filhas. Acho uma fofura. Ontem, quando bati o olho no catálogo da Riachuelo com a coleção para o Dia das Mães amei ver alguns looks com peças semelhantes para nós e nossas pequenas.



Não resisti e, claaaaro, postei aqui para as que ainda não viram possam se inspirar. Os looks têm saias, blusas, calças, cintos, lenços, blazers e sapatos semelhantes para mamães e filhotinhas, com numeração para as pequenas que vão do 1 ao 12. Já passei na loja e adquiri algumas pecinhas, em especial do look 2. Precisa dizer que simplesmente amei!!!!!!


Beijos

@conversinhadmae

Eu voltei

Gente, estou viva!!! Foram 20 dias sumida daqui, mas não abandonei vocês. Aconteceram algumas coisas que me fizeram ficar afastada por alguns dias. Mas nunca esqueci nosso espacinho. Aos poucos vamos voltando. Queria aproveitar para agradecer a fidelidade dos seguidores e leitores, que mesmo sem posts novos estão sempre dando uma passada por aqui todos os dias.

Muito obrigada, mesmo, pelo carinho. E se tiverem sugestões, não esqueçam de mandá-las por email: conversinhademae@gmail.com.

Beijos

@conversinhadmae

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Coelhinha da Páscoa que trazes pra mim


Olha a carinha de felicidade de nossa Bia ao chegar da escola ontem, toda trabalhada na coelhinha de Páscoa? Infelizmente, não pude ver ao vivo, porque estava trabalhando e quando cheguei já estava "desmontada". Mas o registro foi feito pelo papai. Tá ou não tá uma gostosura, mais delícia que qualquer ovo de páscoa? Nós te amamos, linda!!!!


Beijos

@conversinhadmae

Pra comer com os olhos

Semana de Páscoa e o que mais se fala é nele: chocolate. Embora não esteja contido nessa delícia o verdadeiro significado da data, nem de longe (pois a Páscoa é a ressurreição de Jesus Cristo), mas o fato é que só se fala nele. Aproveitando o ensejo, o Conversinha de Mãe traz algumas fofurinhas de roupas para bebê que dá vontade de morder, de tão gostosas que são.

Os modelitos são da marca Babychocolate (nome mais sugestivo não há, né?) e são uma ótima sugestão de presente para quem tem amigas ou parentes com babies à vista. São uma gracinha. Todas embaladas em formas que lembram algumas guloseimas deliciosas.


Duplinha – composta por um babador e uma fraldinha de boca, ambos enfeitados numa caixinha que não tem como resisti - R$ 42


Pirulito - Delicioso body básico manga longa – R$ 45


Rocambole - Gostosa combinação de blusa e calça, formando um pijama fofo – R$ 59


Sorvete - Delicioso tapa-fralda para o bebê aproveitar no calor, sem aquele fraldão pendurado – R$ 38


Beijos

@conversinhadmae

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Tem que ver isso aí

Bem na semana da Páscoa, a empresa Arcor do Brasil anunciou recall do ovo de páscoa Rapunzel 150 gramas, chocolate ao leite. O motivo é que foi constatada em algumas amostras a presença de “microfuro” na embalagem plástica que acondiciona o brinquedo contido no ovo de páscoa, por onde pode ter ocorrido a transferência de odor do brinquedo para o chocolate, alterando assim o seu sabor e aroma originais.

A empresa ressalta que este ovo não causa qualquer risco à saúde, mas em alguns casos o odor mais forte ou ingestão podem provocar desconforto e mal estar momentâneos. Como medida preventiva, a Arcor do Brasil já está recolhendo os ovos Rapunzel dos pontos de venda / distribuidores e convoca os consumidores a efetuarem a troca deste produto. O recall não terá qualquer custo para o consumidor.

Quem comprou produto dos lotes 12.024, 12.025, 12.026, 12.027, 12.028, 12.029, 12.030, 12.031, 12.032, 12.033, 12.034, 12.035, 12.037, 12.038, 12.039, 12.040, 12.041, 12.042, 12.043, 12.044 com data de fabricação entre 24 de janeiro de 2012 a 13 de fevereiro de 2012 e validade até 31 de dezembro de 2012 é bom ficar atento.

Apesar da alteração percebida no sabor do ovo de páscoa, a Arcor garante que todos os brinquedos contidos no produto possuem certificações do Inmetro e do Centro Tecnológico de Controle da Qualidade Falcão Bauer, que atestam o cumprimento dos requisitos legais de qualidade e segurança.

O consumidor que tiver dúvidas pode esclarecê-la através da Central de Relacionamento da Arcor, no horário das 8h às 18h, através dos telefones 0800 772 7717 e 0800 055 8450 ou e-mail atendimento@arcor.com ou pelo site http://www.arcor.com.br/.

Beijos

@conversinhadmae

terça-feira, 3 de abril de 2012

Pra relaxar


Quem disse que criança não precisa relaxar, fazer uma boa massagem? Pois então. Os pequenos foram contemplados, este ano, no evento SPA Week, que acontece entre os dias 14 a 28 de abril, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais. A criançada terá, pela primeira vez, um espaço só para ela, o SPA Unidunitê, do Blue Garden SPA.

Nele, os pequenos (creio que com certeza mais as pequenas vaidosas) vão poder participar de uma experiência lúdica. O pacote vai oferecer massagem relaxante com toque suave de uma essência a ser escolhida (morango, chocolate ou menta), complementada com máscara facial – sem efeitos cosméticos. Será que elas – ops, eles – não vão amar?

O SPA Week tem como objetivo oferecer serviços e procedimentos terapêuticos dos melhores SPAs pelo preço único de R$ 70. Para participar da campanha o cliente deve acessar o site www.spabluegarden.com e escolher o procedimento e data para agendar o atendimento, a partir do dia 10 de abril e se informar mais sobre o evento.

Beijos

@conversinhadmae