sábado, 18 de fevereiro de 2012

Barbie na luta contra o câncer


Há alguns dias surgiu um movimento na internet tentando sensibilizar a empresa Mattel, fabricante da boneca Barbie, a preferidinha das garotas, para que ela produza uma boneca careca. A ideia é que o brinquedo possa auxiliar as meninas que têm câncer ou que têm algum parente, seja mãe, tia, irmã, prima, avó, madrinha, com a doença e que tenha perdido o cabelo por conta do tratamento de quimioterapia a ver não com tanto tabu esse momento, mas com certa naturalidade e até a aceitar essa alteração física trazida pelo tratamento.

No Facebook já existe uma página feita por uma organização social que luta contra o câncer capitaneando a campanha (www.facebook.com/beautifulandBaldBarbie). A proposta é conseguir a maior quantidade de “curtir”, para que a iniciativa ganhe força e dessa forma consiga convencer a empresa a fabricar a boneca. Já foram mais de 149.500 curtidas.


Na comunidade criada na rede social, o movimento diz que o que se gostaria é ver uma bela Barbie careca feita para ajudar jovens que sofrem perda de cabelo devido ao tratamento contra o câncer. Isso porque muitas crianças têm dificuldade em aceitar a sua mãe, tia, avó ou amiga de uma hora para outra mudar de cabelos compridos a careca.

O movimento sugere para a Barbie careca acessórios como perucas, bandanas, lenços e chapéus, para que ela possa utilizar nessa fase sem (ou com pouco) cabelo. “Este seria um grande mecanismo de enfrentamento para as meninas jovens que lidam com a perda de cabelo ou de um ente querido. Gostaríamos muito de ver uma parte dos lucros indo para pesquisa e tratamento do câncer infantil.”, diz na página da campanha no Facebook.

O Ministério da Saúde estima que, no Brasil, este ano, surjam cerca de 11,5 mil novos casos de câncer pediátrico de todos os tipos. Acho que essa é uma iniciativa bem interessante. A Mattel já lançou tantos tipos de Barbie, como médica, veterinária, professora, dentista, repórter, entre tantas outras, então por que não lançar esta que é por uma causa tão nobre?

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário