terça-feira, 1 de novembro de 2011

Origem da esperteza de Bia

Agora eu sei de onde vem tanta esperteza da minha pequena Beatriz. É! Pesquisadores constataram que a presença do pai deixa a criança mais esperta. E ela que vive tanto com o pai (às vezes parecem ter a mesma idade, mas tem limites) A pesquisa foi realizada pela Universidade de Concórdia, no Canadá. Fiquei sabendo dela lendo matéria publicada na Revista Crescer. Essa maior participação masculina pode melhorar o comportamento das crianças, deixando-a mais inteligentes.

Foram analisadas cerca de 140 crianças, inicialmente entre três e cinco anos e depois, quando estavam entre nove e 13 anos. Os pesquisadores chegaram à conclusão que a forma como o pai estabelece limites e estrutura o comportamento dos filhos influenciou positivamente a habilidade de resolver problemas e diminuiu questões emocionais, como tristeza, isolamento social e ansiedade.

É aquela velha história que a gente imaginava: enquanto a mãe é mais emoção, a presença do pai estimula a parte mais lógica, ajudando na construção de relações entre objetos concretos. Segundo os pesquisadores, isso acontece mesmo quando o pai não mora com os filhos, mas mantem uma proximidade e envolvimento com o filho no tempo em que passa com ele. E é assim q deve ser, né, gente?!

Beijos

@conversinhadmae

Um comentário:

  1. Bom Dia!
    Mas, Bia é uma menina muito inteligente, que Deus continue abençoando ela e seus pais, que se preocupam na criação e ensinamentos dela.
    Amo tanto essa pequena linda.
    Beijos.
    Tia Bety.

    ResponderExcluir