sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Pequenos por dentro da tecnologia


Há muito tempo que a tecnologia deixou de ser uma coisa de gente grande. Cada vez mais os pequenos estão afinados com nas novidades high tec que surgem numa velocidade impressionante. Parece que para eles virem ao mundo o pré-requisito é saber mexer no celular. Eles já vêm com um chip que fazem com que já esteja no sangue saber manusear o computador (ops, notebook e iPad) e dão um show de esperteza quando o assunto são os eletroeletrônicos.

Esta semana, o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) divulgou os resultados da 2ª Pesquisa sobre Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação por Crianças no Brasil – TIC Crianças 2010. Eles mostraram que mais da metade das crianças (51%) já usou computador e 27% declararam ter usado a internet.

A pesquisa conduzida pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), responsável pela produção de indicadores e estatísticas do NIC.br, avaliou a posse e o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) entre crianças de cinco a nove anos em todo Brasil.

Entre as crianças residentes em áreas urbanas, a maioria citou que o local onde acessam a internet é no próprio domicílio. Enquanto entre as das áreas rurais o local mais citado foi a escola. 20% das crianças entrevistadas disseram ter aprendido sozinhas suas habilidades no computador

“Jogos online” (90%) e “busca de informações para a escola” (45%) foram as atividades online mais citadas entre as crianças de cinco a nove anos, servindo para elas como porta de entrada para o uso das TICs. Os dados revelam que as crianças também estão presentes nas redes sociais: 29% das que já usaram Internet estão no Facebook ou Orkut. Além disso, 25% trocam mensagens instantâneas e 10% declaram enviar e-mails.

Quanto ao telefone celular, 59% afirmaram já ter usado um aparelho celular; um percentual maior entre as crianças da área urbana (61%) que entre as da área rural (48%). O interessante é que entre as que já usaram celular a proporção das que o fazem para fazer ligações (64%) é inferior às que utilizam o aparelho para jogos (84%).

Mas a pesquisa revela um ponto que deve servir de alerta para os pais. O levantamento mostrou que 21% dos pais ou responsáveis por crianças de cinco a nove anos que usaram internet nos três meses anteriores à pesquisa não controlam nem restringem o uso que os filhos fazem da Internet.  Entre os que o fazem, enquanto 40% conversam para orientar seus filhos sobre o uso da Internet, 15% afirmou bloquear sites como forma de controlar o uso das crianças.

Em relação à localização do computador dentro dos domicílios, (44%) dos pais/responsáveis que possuem computadores declaram que estes estão localizados na sala de estar, ou seja, em um local de circulação frequente dos moradores da casa; 24% dos computadores estão localizados no quarto dos pais/responsáveis, um ambiente mais propício ao uso supervisionado. Por outro lado, 21% dos pais/responsáveis declaram que o computador está presente no quarto da criança. Grande parte das crianças utiliza a internet sozinha (39%), seguida pelo uso com a mãe (35%), com parentes (29%), na escola com os professores (28%), com os amigos (25%) e com o pai (18%).
É fato que o computador e a internet são ferramentas indispensáveis nos dias de hoje. mas também sabemos os riscos que a rede mundial de computadores pode representar para os nossos filhotes. Por isso, não custa nada permitir a sua utilização, mas sempre com supervisão e acompanhamento direto dos pais.

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário