quinta-feira, 29 de setembro de 2011

MS lança campanha de doação de leite humano


A Campanha Nacional de Doação de Leite Humano 2011 foi lançada hoje pelo Ministério da Saúde. Com o slogan “Para você é leite. Para a criança é vida”, a campanha tem como madrinha a apresentadora Luciana Gimenez. O objetivo, este ano, é mobilizar e conscientizar ainda mais a população sobre a importância da doação como também aumentar o volume anual de leite humano coletado. O dia 1º de outubro é dedicado ao Dia Nacional de Doação de Leite Humano.

Segundo dados do Ministério, anualmente cerca de 115 mil mães participam deste gesto de solidariedade e amor, que beneficia mais de um milhão de mulheres, gestantes e nutrizes que recorrem aos Bancos de Leite Humano em busca de apoio assistencial para amamentar diretamente seus filhos. As ações de incentivo ao consumo de leite materno pelas crianças menores de dois anos contribuem para reduzir a desnutrição e a mortalidade infantil.

No lançamento da campanha nacional, o Ministério da Saúde anunciou a criação de mais 21 bancos de leite nas regiões Norte e Nordeste, o que deve beneficiar ainda mais, principalmente, bebês prematuros. Em todo país existem 203 bancos de leite e 28 Centros de Referência Estaduais que integram a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. Por ano são recolhidos cerca de 150 mil litros de leite humano, que passam pelo processo de pasteurização e adquirem qualidade certificada para serem distribuídos a mais de 135 mil bebês, principalmente os hospitalizados.

A partir deste ano, os centros de referência passarão a utilizar uma ferramenta de gestão chamada BLH-WEB, que permite a certificação da qualidade dos bancos de leite. Uma das possibilidades dela é o monitoramento e avaliação das unidades, bem como permite assessoria técnica remota em tempo real.  A ideia é que a BLH-WEB seja utilizada por todos os 203 bancos de leite do país.

Palestra
Para lembrar o Dia Nacional de Doação de Leite Humano, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), que atende a gestantes de alto risco, estará realizando uma palestra sobre doação de leite humano, na manhã desta sexta-feira, para mães internadas e doadoras externas do Banco de Leite Humano Marly Sarney, de Sergipe. O principal objetivo é tornar doadoras as mães que estão amamentando e que tenham excesso de leite. A palestrante será ministrada pela enfermeira Patrícia Farias, do Banco de Leite.

Segundo especialistas, o leite materno para os recém-nascidos (principalmente, os hospitalizados) é muito mais que um simples alimento. Ele aumenta as chances de recuperação do bebê se a alimentação exclusiva com ele for possibilitada durante o período em que a criança está impossibilitada de ser amamentada pela mãe, o que geralmente ocorre nos casos em que o bebê está internado em UTI neonatal.

Para doar, a mulher precisa, além de  apresentar excesso de leite, ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar o leite e a doar o excedente. Para realizar a doação, a lactante deve entrar em contato com o banco de leite de sua cidade para receber o frasco esterilizado, no qual depositará o leite. Depois, deverá manter o frasco no congelador ou freezer e aguardar que uma equipe vá à casa dela para o recolhimento do leite doado. Em algumas cidades, os bancos de leite humano realizam parcerias com outros órgãos para a coleta do leite doado.

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário