sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Bebê precisa de transplante de medula


Dia desses, nossa seguidora Érica Rocha, de Belo Horizonte (MG), mãe de um bebê de quatro meses, entrou em contato com o Conversinha de Mãe para que nós pudéssemos ajudar uma amiga de infância dela que está passando por um momento bastante difícil (mas que com fé em Deus vai se resolver o mais rápido possível). A Cilene Leme, que mora em São Paulo (SP), é mãe do Victor Hugo, que está com oito meses de idade. Há alguns meses, foi diagnosticada nele uma doença rara, chamada Imunodeficiencia Combinada Grave.

Segundo a mamãe, o que acontece é que a medula óssea dele não produz células de defesa, que o deixa mais propenso a contrair infecções. Esse problema faz com que ele, diferente das outras crianças, não possa sair de casa, pois o risco de entrar em contato com vírus e bactérias e acabar contraindo alguma infecção é grande, o que pode causar graves complicações.

Por conta disso, ele precisa realizar um transplante de medula óssea o mais rápido possível. Cilene e o marido já fizeram o teste de compatibilidade HLA, mas foi constatado que eles não são compatíveis. Por isso, Victor precisa recorrer a um banco de medula óssea. Isso significa que ele precisa da ajuda de todos nós.

No momento – como este da foto postada – Victor está bem melhor, pois vem realizando tratamentos, o que lhe garante um pouco mais de qualidade de vida. Mas a sua cura só vai ser possível depois de um transplante de medula óssea. A gente às vezes nem imagina que um pouquinho de sangue recolhido da gente vai poder mudar a vida de outra. Não apenas mudar, mas salvar, né, gente!

Podem doar medula pessoas com bom estado de saúde e idade entre 18 e 55 anos. É bom lembrar que diabéticos podem doar, pessoas grávidas ou amamentando, quem tem pressão alta, não há peso mínimo, pessoas com tatuagem também podem doar e não há nenhuma restrição quanto a meningite, anemia ou hepatite A que a pessoa tenha tido anteriormente. A pessoa só não pode ser doador se tiver tido alguma dessas doenças: Hepatite B e C, Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Leucemia ou algum tipo de Câncer no sangue.

Para se cadastrar num banco de medula óssea é bastante simples. Basta se dirigir ao hemocentro de sua cidade. Lá, é retirada uma pequena amostra de sangue (10ml) para análise. O material é encaminhado para o laboratório e é feito o exame de tipagem HLA. Quando aparecer um paciente, sua compatibilidade será verificada e o doador será contatado, para que faça outros exames e passe por avaliação médica e então seja feito o transplante de medula, onde um pouco do líquido é retirado do doador, para o paciente.

Mas encontrar um doador compatível é muito difícil. A chance pode chegar a uma em um milhão. Por isso é preciso que muitas, mas muitas pessoas se disponibilizem e se cadastrem nos bancos de medula óssea, para que as chances de quem precisa realizar um transplante aumentem.

É nessas horas que a gente pensa o quanto não queria que isso estivesse acontecendo aos nossos filhos. Então, gente, vamos ajudar. É um gesto tão simples, mas que pode fazer um benefício tão grande que não sabemos nem mensurar. Pensemos nisso. Vamos doar vida!!!

Beijos

@conversinhadmae

5 comentários:

  1. Primeiramente muito obrigada! Que Deus abençoe a você e as pessoas que forem até o hemocentro fazer esse cadastro, assim como o Victor Hugo precisa, muitas pessoas estão na mesma situação, portanto vamos ajudar pessoal! Eu já fui, rezo todos os dias para que eu possa ajudar alguém, dar vida a alguém! OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  2. gos taria muito de poder ajudar ele.

    ResponderExcluir
  3. Entrada del blog Wonderful. Me entero de algo completamente nuevo.

    Muchas gracias
    Here is my blog merrill blain

    ResponderExcluir
  4. It may be punter for you to learn through and through the all-inclusive list of
    male enhancement pills just about your size are all over with Sizing
    Genetics.

    Here is my website site

    ResponderExcluir
  5. O Facebook me trouxe a lembrança dessa reportagem e hoje venho aqui agradecer e informar que o Victor fez o transplante de medula, a mãe não era 100% compatível, mas o transplante deu certo! Com as mãos de Deus o Victor foi CURADO!!!! façam o cadastro, deixem o banco de dados atualizado e seja um doador de vida!!!
    Mais uma vez obrigada!

    ResponderExcluir