sábado, 18 de junho de 2011

Realmente um espetáculo!!!


Fiquei com o coração na mão pensando que não fosse conseguir chegar a tempo para assistir o tão esperado espetáculo “Os Saltimbancos”, com os meninos do Projeto Esperançarte. Mas, graças a Deus, apesar da correria de ontem, cheguei ao Teatro Tobias Barreto logo no iníciozinho do musical. Gente, foi lindo! Lindo mesmo!!! Que resultado bonito ver aqueles mais de 100 adolescentes e crianças no palco mostrando tudo que aprenderam.

Se a história dos Saltimbancos já é uma lição de superação e amizade, vê-la sendo interpretada por meninos e meninos que, apesar da pouca idade, já vivenciaram (ou ainda vivenciam) uma história de vida tão difícil, marcada por problemas familiares, violência, negligência, é ainda mais emocionante. Foi, realmente, comovente.

O figurino foi um detalhe à parte. Que esmero, que primor a produção teve em levar ao palco o melhor. Coisa bem a cara de Tetê Nahas – atriz, bailarina e coordenadora do projeto e do espetáculo –, de André Santana – ator que participou da coordenação – e também do meu amigo jornalista Pedro Carregosa. Apesar de encenada por amadores, a peça não deixou a desejar em nada a certos espetáculos de companhias de fora que vêm se apresentar aqui em Sergipe.


O espetáculo “Os Saltimbancos” foi a primeira apresentação pública do grupo formado por crianças e adolescentes que vivem em nove casas de acolhimento de Aracaju (SE) e participam do Projeto Esperançarte, idealizado pelo Núcleo de Apoio à Infância (Naia) do Ministério Público estadual, e patrocinado pela Petrobras, que tem apoio de diversas outras instituições, como o Incase, Secult, Funcaju e Fundação Renascer. Ao final do projeto, em outubro próximo, eles irão apresentar outro espetáculo. Com certeza esse deixou todo mundo que lotou o TTB com água na boca, com gostinho de quero mais. E eu quero ir novamente!!

Bia fez questão de tirar fotos com os atores da peça



Beijos

@conversinhadmae

Um comentário:

  1. Adorei as fotos!!!! Foi lindo mesmo.. chorei tanto de emoção....

    ResponderExcluir