sábado, 11 de junho de 2011

Desejos que são uma lição de vida

Às vezes a vida nos prega cada peça. Diariamente, a gente faz tantos planos. Projetos para amanhã, daqui a um mês, um ano, cinco anos, sei lá, e acaba esquecendo de viver o dia a dia, sempre visando o futuro e esquece que pode ser que ele não exista. E aí, fizemos o que do presente (que realmente é um presente) que nos é dado por Deus a cada dia?
 Ultimamente tenho pensado muito nisso e fiquei ainda mais matutando sobre o tema quando vi o caso da adolescente britânica Alice Pyne, de apenas 15 anos, que está em estado terminal de câncer e resolveu fazer um blog (http://www.alicepyne.blogspot.com/) com uma lista de 17 coisas que pretende fazer antes de morrer. O estado de saúde dela é crítico, pois o câncer, descoberto há quatro anos, já avançou por todo seu corpo.

No blog, que ela colocou no ar na última segunda-feira, dia 6, a garota lista os desejos que ainda quer realizar antes de partir. No entanto, por conta do estágio da doença, Alice tem consciência que poderá não alcançar todos. “Eu acho que meu câncer em particular é feito de um material forte (o que é difícil, porque eu sei que dei tudo de mim e eu sou forte e determinada também)”, diz ela.

Na descrição do blog ela explica que criou uma lista de desejos porque tantas coisas que ainda quer fazer na vida.Alguns são possíveis, alguns vão continuar a ser um sonho. Meu blog é para documentar esse precioso tempo com minha família e amigos, fazendo as coisas que eu quero fazer. Você só tem uma vida ... viva-a!”, diz ela na descrição do blog. Em poucos dias de existência, o blog já teve mais de 230 mil visitantes e o número de seguidores ultrapassou a marca de 11 mil seguidores.

Alice e sua cadela Mabel
São 17 desejos listados por Alice: nadar com tubarões; fazer todos assinarem lista de doadores de medula óssea; viajar ao Quênia (embora saiba que agora não pode mais viajar para lá; inscrever sua cachorra Mabel em um concurso; fazer uma sessão de fotos com quatro amigas; ter uma sessão privada de cinema com as melhores amigas; desenhar uma caneca para vender para caridade; viajar em um trailer; ter um iPad roxo; ser uma treinadora de golfinhos, que ela sabe que também não vai poder mais concretizar; encontrar a banda Take That; ir ao Cadbury World (parque temático da fábrica) e comer um monte de chocolate; tirar uma boa foto com a Mabel; ficar em um quarto de chocolate no (parque de diversões) Alton Towers; fazer meu cabelo, se alguém puder fazer algo com ele; fazer uma massagem nas costas; e ver baleias.

Alice pode até não realizar todos os seus desejos antes de dar adeus a este mundo, mas a sua iniciativa de externar esses sonhos já está dando frutos. Com a repercussão do seu blog o primeiro-ministro britânico, David Cameron, prometeu se tornar um doador após ouvir o relato do caso de Alice no Parlamento por um deputado opositor. O sucesso também a ajudou a arrecadar o equivalente a cerca de R$ 26 mil em doações para uma organização beneficente de pesquisas sobre o câncer. Este final de semana a adolescente vai realizar, enfim, o sonho de conhecer o Take That.

Não tem como não se emocionar com a história da garota, que tão jovem e passando por um problema tão difícil nos dá uma verdadeira lição de vida. Vamos aproveitar, vamos viver a vida enquanto podemos. Às vezes, na correria do dia a dia, a gente deixa passar coisas tão significativas e importantes para nós e acabamos priorizando outras. Que não esperemos chegar perto do fim para se dar conta disso, pois pode ser que não tenhamos nem a oportunidade que a Alice Pyne está tendo. Vamos pensar nisso.

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário