sexta-feira, 1 de abril de 2011

Profissões e prioridades na vida

Essa foi mandada por minha amiga e jornalista Elisângela Valença, que ainda não tem filhos, mas acompanha e segue o Conversinha de Mãe, e me perguntou se teríamos um espaço para uma conversinha de  tia. Claro, né, gente! Aqui tem espaço para tudo que diga respeito ao maravilhos mundo infantil, principalmente quando diz respeito a crianças inteligentes.

Ela nos contou um (dos, acredito, muitos) causo de seus dois sobrinhos. Leiam a seguir.


“Tenho dois sobrinhos: Gabriel, de 6 anos, e João Pedro, de 3. E me divirto à beça com os dois. Coisa de tia coruja mesmo: sento no chão, pinto a cara, brinco de desenhar e colorir, leio livros e revistas em quadrinhos, conto estória (e história), vejo desenho ... até aprendo as músicas do Barney e do Xuxa Só para Baixinhos 10.458.

Adoro ver estas coisinhas crescendo, evoluindo e dando volta na gente. Mas dando volta mesmo, dando lição de vida. Outro dia, Gabriel me ensinou que a gente tem que escalonar as coisas e definir prioridades. A gente tem que decidir o que realmente importa na vida.

- Titia, por que você trabalha de manhã, de tarde E de noite (grande ênfase no ‘E’)?

- Porque titia escolheu ser jornalista

- Poxa, então isso deve ser chato! Você não tem tempo para nada!

- Não, Gabriel, é muito bom. Titia ganha pouco, mas é muito feliz. O jornalista pode ajudar muita gente, fazer coisas boas para as pessoas e é um trabalho divertido.

- Ah, por que você não vai trabalhar pintando a cara das crianças na minha escola? Assim você só trabalha quando tem criança lá e pode ficar o resto do dia brincando comigo e João Pedro!

Sem mais, meritíssimo. Pode dar baixa na minha ‘azulzinha’!”

Essas crianças...

Ah, Elisângela tem um blog bem legal sobre moda. Vale a pena dar uma olhada: http://www.abalandonamoda.com.br. E atualmente está rolando até sorteio.

Beijos

@conversinhadmae

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkk apesar de Gabriel achar jornalismo chato, já mostrou vocação pra isso. depois eu conto!

    ResponderExcluir
  2. Que foufo! Criança derrete agente...

    Minha sobrinha mesmo é super gulosa, adora tudo que é de comer (ou não... Comeu até teia de aranha!). Dia desses eu estava na casa dela e tentei conversar, brincar... E nada... Não queria saber de mim. Então tá né? Aí fui pra cozinha conversar com minha mãe e almoçar. Lá estava eu almoçando quando chega a minha sobrinha estendendo os braços pra mim "babaçu tchitchiaaaa!", pense que eu fiquei feliz de pegar ela no colo! Até descobrir que ela queria mesmo era o meu almoco... KKKKK!!!

    ResponderExcluir