quinta-feira, 7 de abril de 2011

Dor que não passa


Desde que vi as primeiras imagens da transmissão ao vivo sobre o massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira, não consigo parar de pensar na aflição das mães e pais de cada um dos alunos daquele colégio ao saberem que um louco, psicopata, tinha entrado nas salas atirando (executando mesmo) crianças e adolescentes indefesos que estavam naquele lugar apenas para aprender. Meu Deus, como essas pessoas devem estar sofrendo, especialmente os pais e familiares dos 12 alunos, com idade entre 12 e 14 anos, que foram mortas e as mais de 20 feridas.

Penso no trauma de cada um dos estudantes que, como numa cena de filme, se viram frente a frente com um franco atirado, uma pessoa que não pode ser considerada normal, que premedita, orquestra com tamanha frieza ir ao local onde havia estudado, abrir fogo contra seres que nunca haviam lhe feito mal.

Como ficará a cabeça de cada uma dessas crianças e adolescentes depois de um trauma desse tamanho? Como aliviar a dor de uma mãe e um pai que, ao deixarem seu filho numa escola pensando em torná-los seres melhores, mais educados, recebem a notícia de que ali, num espaço suposamente seguro, ele foi morto?

Só mesmo o conforto de Deus pode aliviar um coração partido numa situação dessa. E é só a Ele que a gente pode pedir que, diariamente, guarde nossos filhos, protejá-os de todo mal que nos cerca. Que hoje, mais do que nunca, a gente possa meditar no Salmo 121 e fazer dele uma oração diária:

“Olho para os montes e pergunto: ‘De onde virá o meu socorro?”
O meu socorro vem do Senhor Deus, que fez o céu e a terra.
Ele, o seu protetor, está sempre alerta e não deixará que você caia.
O protetor do povo de Israel nunca dorme, nem cochila.
O Senhor guardará você; ele está sempre ao seu lado para protegê-lo.
O sol não lhe fará mal de dia, nem a lua, de noite.
O Senhor guardará você de todo perigo; ele protegerá a sua vida.
Ele o guardará quando você for e quando voltar, agora e sempre.”

Amém!

Beijos

@conversinhadmae

Um comentário:

  1. Que Deus proteja estas crianças e nossas crianças!

    Estamos todos de luto!
    Beijos

    ResponderExcluir