quarta-feira, 16 de março de 2011

Tiradas da Bia - preocupação de filha


Essa de Bia não foi engraçada, mas não tinha como não contar a vocês. Dessa vez, a tirada foi tão fofa, tão inesperada que, confesso, fiquei emocionada com a atitude de minha filha. Aconteceu na terça-feira à noite. Tinha trabalhado e andado muito nesse dia. Cheguei em casa morta, com dores nas pernas e pés. Como sei que Bia gosta muito de fazer massagem e eu tinha comprado um óleo novo, perguntei se ela faria massagem em mim. Claro, ela topou na hora.

Tomei um banho e fui pra cama pra relaxar com minha massagem. Aquelas mãozinhas pequenas, mas tão hábeis pra coisa (é verdade, ela faz massagem que é uma delícia), realmente me fizeram relaxar. Mas quando ela estava terminando o “serviço” no segundo pé não é que começou uma cãibra como eu nunca tive na vida. Meus dedos reviravam e o pé doia de um jeito impressionante.

Só estávamos nós duas em casa. Eu me contorcia de dor e ela sem saber direito o que fazer, só dizia que eu ia ficar bem e que era melhor ligarmos pro pai dela. Como a dor não passava, disse a ela que iria tentar andar um pouco para ver se melhorava. Quando eu dei as costas para me levantar, ela pegou o telefone e só ouvi ela dizendo, com uma vozinha já desesperada: “Vou ligar pra minha vó. É o número que eu sei”.

Ah, quando ouvi isso não sabia o que dizer, diante da preocupação que ela estava em fazer alguma coisa para me ver melhor. É tão bom ver que o filho da gente está crescendo. Parecia uma mocinha tentando resolver as coisas. Tentei tranquilizá-la, dizendo que ia ficar tudo bem.

Tirei outra lição disso: é bom que as crianças saibam mesmo o número de telefone de alguém conhecido para o caso de uma emergência. Bia está na fase de querer saber o número de telefone de todo mundo. Já decorou o da casa de minha mãe e o celular de meu irmão, Janssen. Já é um bom começo, né?

Beijos

@conversinhadmae

2 comentários:

  1. Amei o post. Sou fã de Bia. Rir e chorei. Muito bom!
    Adoro as duas!

    ResponderExcluir
  2. ELA É MESMO UM ANJO; POIS ATÉ NA ESCOLA ELA QUER AJUDAR A TODOS.

    ResponderExcluir