terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Cuidado com os acessórios


Esse post é da cota “vi e gostei, por isso trago para vocês”. Li este texto hoje no site Guia do Bebê (http://guiadobebe.uol.com.br), do portal Uol, e achei bem interessante. Na hora pensei em trazer ele para vocês para que também usem absorvam dicas que ele traz. É que muitas vezes nós, mãe de meninas, exageramos na dose dos acessórios, querendo deixar nossas pequenas mais belas, sem perceber que alguns “enfeitinhos” podem colocar em risco a segurança delas. Então, aproveitem o texto abaixo.

“Os acessórios das crianças, assim como o dos adultos, serve para complementar o visual da roupa. Se quiser enfeitar bebês e crianças pequenas, certifique-se que o acessório não oferece nenhum risco. Brinquinhos devem ser especiais para não espetar nem apertar a orelhinha. Nunca coloque broches e botons nas roupas dos pequenos.

Os bebês adoram puxar colares e correntinhas e podem acabar se machucando. Melhor deixar esse acessório para quando crescerem mais um pouquinho.

No cabelo, escolha fivelinhas com fecho de velcro para os bebês e faixas de tecido que não incomodam e ficam super charmosas.

Para meninas, invente penteados divertidos, mas prenda com elásticos molinhos que não quebram os fios, senão, elas abrem um berreiro na hora de soltar o rabinho.

Quando a criança já tem idade suficiente para correr e brincar no parquinho, uma recomendação é tirar os cordões que servem para fechar jaquetas e casacos. Eles podem ficar presos em algum brinquedo ou porta e causar acidentes.

Com 4 ou 5 anos as crianças começam a querer se enfeitar. Use e abuse de pulseiras e colares compridos com pedras coloridas para as garotas. Os meninos vão começar a curtir relógios de borracha e plástico de todas as cores com desenho dos seus personagens preferidos.

Na cabeça vale tudo: bonés, chapéus, gorros, lenços, viseiras, capuz, especialmente para se proteger do sol quando a brincadeira for ao ar livre.

Para as meninas, uma idéia criativa é substituir cintos tradicionais por faixas de cetim coloridos, que deixam um ar mais leve. Prenda com um lindo laço para dar um toque mais feminino.

Chega uma fase em que eles querem carregar todas suas tralhas quando vão passar o dia no clube ou na casa de um amiguinho. Providencie mochilas e bolsas transpassadas que eles mesmos possam carregar.

Os óculos escuros infantis, se forem apropriados, podem ajudar a compor o visual. Deve-se ter cuidado com as lentes dos óculos. Camelôs e vendedores ambulantes oferecem modelos interessantes para a garotada, mas é preciso se certificar que as lentes tenham selo de proteção dos raios solares ultravioletas. Essa moda chama a atenção dos baixinhos pela ousadia das cores e a diversão que o produto oferece.”

E aí, gostaram?

Beijos

@conversinhadmae

Nenhum comentário:

Postar um comentário