quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Atenção: cuidado com as quedas!


Tem um ditado que nossas vovós já diziam: “Criança cega a gente”. Gente, vou dizer, cega mesmo. Parece uma coisa, você fica o tempo todo olhando, mas basta um vacilo, de um segundinho só, e as coisas acontecem. Não esqueço nunca uma queda que minha filha Beatriz levou, quando ainda não tinha completado dois anos.

Estávamos eu e Alex brincando com ela no sofá. Em fração de segundos a menina afastou um pouco da gente, foi para o braço do sofá e caiu de costas no chão, não sei como, largando a testa. Vocês devem imaginar o desespero da gente, vendo um “galo” enorme crescer na testa dela, sem saber direito o que fazer. A gente ficou tão sem noção que abrimos a porta e começamos a andar pelo condomínio, com ela nos braços, desesperados.

Queda é uma coisa muito séria, especialmente em se falando de criança. Vocês sabiam que as quedas representam a principal causa de internação entre os acidentes com crianças e adolescentes de até 14 anos no Brasil? A informação é da ONG Criança Segura. Segundo dados do Ministério da Saúde, no ano de 2007, foram 73.455 crianças e adolescentes nessa faixa etária hospitalizadas vítimas de queda.

Esse público acaba sendo mais vulnerável às quedas justamente por conta das suas características físicas, pois seu corpo ainda está em desenvolvimento e, por exemplo, o tamanho e o peso da cabeça em relação ao corpo pode acabar contribuindo para o desequilíbrio e a queda, como consequência. Muitas vezes essas quedas podem causar lesões sérias e, a depender da gravidade, até mesmo a morte.

Como tambem já diz um velho ditado, neste caso também é melhor prevenir do que remediar. Cuidados simples podem evitar muitas dores de cabeça (em nós pais) e dores pelo corpo de nossos pequenos. A seguir o Conversinha de Mãe reproduz algumas dicas de prevenção para evitar quedas:

-  As crianças devem brincar em locais seguros. Escadas, sacadas e lajes não são lugares para brincar;

- Use portões de segurança no topo e na base das escadas. Caso a escada seja aberta, instale redes ao longo dela;

- Instale grades ou redes de proteção nas janelas, sacadas e mezaninos. As redes devem ter espaços de no máximo 6 cm;

- Crianças com menos de seis anos não devem dormir em beliches. Se não tiver escolha, coloque grades de proteção nas laterais;

- Mantenha camas, armários e outros móveis longe das janelas, pois podem facilitar que crianças os escalem e se debrucem para fora do prédio ou casa. Além disso, verifique se os móveis e o tanque da lavanderia estão estáveis e fixos;

- Ao andar de bicicleta, skate ou patins, o capacete é o equipamento fundamental. Ele pode reduzir o risco de lesões na cabeça em até 85%;

- Cuidado com pisos escorregadios e coloque antiderrapante nos tapetes;

- Crianças devem ser sempre observadas quando estiverem brincando nos parquinhos. O risco de lesão é quatro vezes maior se a criança cair de um brinquedo com altura superior a 1,5 m. Verifique se os brinquedos estão em boas condições e se são adequados à idade da criança. O piso deve ser de absorção para a queda, como gramas, areia e borrachões com espessura acima de 3 cm;


 
- O uso de andadores não é aconselhado pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Além de comprometerem o desenvolvimento saudável da criança, podem causar sérias quedas. Eles são responsáveis por mais acidentes que qualquer outro produto infantil destinado a crianças entre cinco 15 meses. A maior parte das lesões resulta de quedas em escadas ou simplesmente por tropeços quando estão no andador;

- Durante a troca de fraldas, mantenha uma mão segurando o bebê. Nunca deixe um bebê sozinho em mesas, camas ou outros móveis, mesmo que seja por pouco tempo;

- Crianças não devem brincar perto de barreiras e barrancos.


Com informações da Criança Segura (www.criancasegura.org.br)

Beijos

@conversinhadmae

Um comentário:

  1. Post super importante!Minha filha tem 1 aninho e começou andar tem pouco tempo, é uma novidade, por isso ela não para um segundinhooo...A mamãe aqui tem que ficar SUPER tenta principalmente pq na minha casa tem escadas...Adorei o post!
    Assinado Larissa Loiola

    ResponderExcluir