quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Decoração: do mundo para casa


Viajar, se divertir, conhecer novas culturas, novos costumes e depois reviver tudo isso dentro de casa. Sim, isso é possível! Lembranças de várias viagens podem fazer parte da decoração de casa. Cartões-postais, souvenirs, fotos, moedas e tantas outras pequenas lembranças podem, inesperadamente, arrancar belos sorrisos e render ótimas conversas com amigos em visitas após viagens.

O Conversinha de Mãe garimpou algumas ideias de como essas lembranças de viagens podem compor a decoração da sua casa. Confiram:

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Xixi na cama pode ser, sim, um problema

Depois da fase do desfralde noturno (que pode variar muito de criança para criança), passado o período de lençóis que amanhecem, vez por outra, molhados, algumas crianças podem passar por um problema que, algumas vezes, pode ser visto pelos pais como preguiça da criança levantar para fazer xixi. É a enurese. Ela nada mais é que a perda involuntária de urina durante o sono em crianças com mais de 5 anos.

sábado, 13 de agosto de 2016

Fazendo a festa: Discoteca da Hello Kitty

Pense em uma festa para comemorar mãe e filha. Agora pense em um tema que casou perfeitamente essa comemoração. Pois foi isso que aconteceu com a Discoteca da Hello Kitty, tema escolhido pela mamãe Cláudia Mendes para festejar seu niver e os 3 anos da filhota Beatriz.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Mamãe na Cozinha: Bolo de banana rápido



Nunca mais uma receitinha por aqui, não é mesmo? Hoje resolvi compartilhar a receita, superfácil, de um bolo que, confesso, ando viciada ultimamente. Já postei foto dele no Instagram e algumas pessoas perguntaram a receita. Então, lá vai:

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Vasta programação na Biblioteca Infantil para marcar mês do folclore

Mês do desgosto? Que nada!!! Agosto é mês de festejar as tradições populares. Agosto é mês do folclore. E para comemorar, a Biblioteca Infantil Aglaé Fontes de Alencar (Biafa) preparou uma programação cheinha de atividades voltadas às manifestações folclóricas. Ações relacionadas ao incentivo à leitura, mas também apresentação de danças folclóricas, encontro com cordelista e contação de histórias.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Semana Mundial do Aleitamento Materno 2016 tem início focada na amamentação e sustentabilidade

E hoje tem início mais uma Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM). Sete dias para massificar a importância do aleitamento materno para o bebê, seu desenvolvimento, a mamãe e também para o mundo! Sim, este ano, o tema da SMAM foca, justamente, a amamentação e a sustentabilidade. Para 2016, o tema definido pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (WABA) para a Semana foi “Amamentação: Uma chave para o desenvolvimento sustentável”.

sábado, 30 de julho de 2016

Sustentabilidade: Oficina de Mini-horta

Já pensou na empolgação dos pequenos aí aprendendo a plantar alimentos que depois eles mesmos vão comer? Vai ser uma festa, não? Essa semana, o Orquidário Sergipe vai realizar uma oficina de mini-horta, da qual as crianças vão poder participar. Será na próxima quinta-feira, dia 4, às 14h30.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Crianças que correm

Esse ano, os pequenos que gostam de acompanhar as mamães e papais nas corridas vão poder participar da 6ª Corrida dos Advogados, que será realizada no próximo dia 13 de agosto. Esse ano, além das categorias individual masculino e feminino, a competição terá a Categoria Infantil. As crianças poderão participar correndo a prova de 150 metros.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Importância e benefício da atividade física no desenvolvimento da criança

É o domingo chegando ao final e eu já sei que, com certeza, vou escutar a pergunta: “Mãe, amanhã é dia de balé?”. A ansiedade da minha ruivinha Rebeca é tanta pelas aulas de balé na escola é tanta que, por ela, tinha todos os dias. A pequena Beatriz, de 3 anos, filha da jornalista Cláudia Mendes, anda apaixonada pelas aulas de capoeira. Ela vem praticando a atividade desde que passou a ser ofertada na pré-escola que ela frequenta.

“Para mim, foi uma grata surpresa perceber o quanto ela se identificou com essa modalidade. Acredito ser um importante passo para que ela busque sempre uma atividade física que lhe proporcione bem-estar e contribua para a adoção de hábitos saudáveis”, disse Cláudia. A pequena também faz balé, mas ainda prefere a capoeira. “Acho que é mais divertido por causa da dinâmica das aulas. O professor toca pandeiro, leva corda, faz vários movimentos (tipo bicicleta...). Acredito que a aula seja bem divertida”, disse

E os benefícios da atividade física para as crianças são muito também, especialmente hoje, quando há uma grande preocupação mundial com o aumento da obesidade no mundo. Essa é, atualmente, uma doença que preocupa bastante pelo aumento dos seus índices na infância. Junto com a obesidade, algumas consequências serias como aumento da pressão arterial, diabete, aumento do colesterol e até mesmo aumento dos casos de câncer.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Fazendo a Festa: esportes olímpicos como inspiração

Falta pouco mais de 15 dias para o início da tão esperada Olimpíadas do Rio de Janeiro. De certa forma, o país já respira esporte. Lembro o quanto ficava ansiosa, quando era pequena, para que começassem logo as competições. Era todo tipo de modalidade, o dia todo, em vários canais de TV sendo transmitida. Amava muito!! E é bastante salutar para os pequenos esse interesse pela prática esportiva.

Daí essa ser uma ótima inspiração como tema para festa infantil. Afinal de contas, são 42 modalidades sendo disputadas. O blog Conversinha de Mãe traz várias ideias para você se inspirar. Aqui, apenas algumas modalidades, mas há uma infinidade e você pode usar e abusar daquelas que mais atraem seus pequenos (as).










segunda-feira, 18 de julho de 2016

Campanha por parquinhos infantis com mais segurança

No mês de abril, publiquei um post aqui falando sobre a falta de manutenção em alguns parquinhos aqui na cidade e os perigos disso para a segurança das crianças que brincam neles, com algumas dicas de cuidados para evitar algum acidente. Esse é um problema não exclusivo daqui (infelizmente!), mas que ocorre em todo país. Prova disso que entre os anos de 2008 e 2013, mais de 4 mil crianças foram internadas em hospitais públicos em decorrência de acidentes em parquinhos e 18 morreram.

E é justamente com o objetivo diminuir esses números que a ONG Criança Segura e o portal Papo de Mãe encamparam a campanha “Quero meu parquinho seguro”. Através dela, o propósito é conscientizar sobre os problemas que existe referentes às más condições de vários brinquedos em parquinhos e dialogar com as autoridades responsáveis para que os parquinhos sigam uma diretriz mínima de segurança.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

O exemplo do professor Moisés

Nos últimos dias, a imagem de um professor universitário dando aula carregando um bebê correu o mundo e chamou a atenção de muita gente. A cena inusitada foi protagonizada pelo professor de Direito mexicano, o Moisés Reyes. Com ele, não estava um filho seu, mas o de uma aluna.

O gesto de segurar o bebê enquanto lecionava foi a forma que ele encontrou para acalmar o pequeno. Em uma foto publicada pelo próprio Moisés em seu perfil no Facebook, ele explicou que o bebê se tratava de um filho de uma aluna, que, apesar das diversas atribuições, não desistiu dos estudos.

terça-feira, 12 de julho de 2016

Ensine seu filho a respeitar a mulher desde pequeno*

A busca pelo reconhecimento de direitos e empoderamento das mulheres está cada vez mais presente no cotidiano. Nossa luta está estampada nas redes sociais, na TV, nas ruas, em todo lugar. Isso é ótimo e essencial para vivermos em um mundo menos machista. Porém, além de mudar aquilo que está ao nosso redor, um futuro mais justo depende da consciência de quem fará parte dele: os nossos filhos.

Nós sabemos que as crianças aprendem o que não devem com extrema facilidade. Quando o assunto é machismo a situação não é diferente, já que esse é um mal que está enraizado na sociedade. Portanto, a infância é o período correto para intervir em algumas ações e mostrar a importância de respeitar a figura feminina.

O primeiro passo é ter o exemplo dentro de casa. Nesse sentido, é fundamental que pais e parentes não reproduzam discursos sexistas. Pelo contrário, é responsabilidade de toda a família – e não só da mãe – falar com os pequenos sobre direitos, deveres e igualdade, apontando atitudes erradas e corrigindo quando necessário.

Um dos principais erros dos pais está na diferenciação dos brinquedos e brincadeiras. Mesmo antes de nascer, a menina ganha bonecas e utensílios domésticos de plástico, enquanto o menino recebe carros e ferramentas de presente. Essa inocente padronização pode trazer consequências perigosas para a criança, já que as meninas são associadas exclusivamente a “cuidar da família” e ao “trabalho doméstico”. Paralelamente, afastando os meninos das bonecas, reforçamos na figura feminina toda a responsabilidade de cuidar dos filhos. Acha que isso é um exagero? Há inúmeras pesquisas que mostram que os homens são maioria esmagadora em carreiras científicas, e isso tem influência direta nas curiosidades da infância.

Outro ponto importante é conversar constantemente com seu filho, mesmo quando o tema for delicado. É difícil e desconfortável, já que não estamos acostumados a isso e muitas vezes teremos que confrontar a educação de outras famílias. Mas é necessário tomar esse tipo de atitude, podendo recorrer inclusive a desenhos, livros ou aplicativos que tenham um fim socioeducativo. Apesar de ser um assunto sério, ele pode ser ensinado de forma descontraída.

Evitar diferenciações é o ponto principal para que seu filho respeite toda mulher. Ele precisa entender que não existe nada que seja “de menino” ou “de menina” e que todos têm o mesmo direito independente de gênero. Parece algo simples, mas mesmo para adultos essa não é uma tarefa fácil. Neste sentido, os pais têm papel fundamental de ensinar, conversar, corrigir e, principalmente, ser exemplo dentro e fora de casa.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae


*Por Fabiany Lima, mãe de gêmeas, escritora de livros infantis e criou o aplicativo Timokids, que oferece livros e jogos socioeducativos com ilustrações em 3D narrados e legendados em 4 idiomas e que estimula a interação da família.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

10 sugestões de brinquedos para fazer em casa e deixar as férias da criançada mais divertidas

Vá juntando o que achar por aí: tampinha de garrafa pet, rolo de papel higiênico, lata de leite vazia, canudo, caixas de papelão e muito mais coisa que, provavelmente, você iria jogar no lixo. Pois saiba que esse monte de (aparente) quinquilharia pode render muitos, muitos brinquedos legais feitos por você e seus filhos e se transformar em divertidas brincadeiras para essas férias – por aqui, última semana de férias. Porque saldo bancário lá embaixo não é sinônimo de férias sem diversão. Pelo menos não para quem segue o Conversinha de Mãe.

terça-feira, 5 de julho de 2016

Bebês que convivem com animais de estimação são mais resistentes à doenças respiratórias

Um estudo publicado na revista americana Pediatrics investigou o efeito do contato de crianças no primeiro ano de vida com cães e gatos sobre a frequência de sintomas respiratórios e infecções do trato respiratório. Foram acompanhadas 397 crianças finlandesas desde a gravidez. Um diário semanal registrou a frequência de sintomas respiratórios e infecções, juntamente com informações sobre contato com cães e gatos durante o primeiro ano de vida e, no primeiro aniversário, foi realizado um questionário.