terça-feira, 16 de setembro de 2014

Empresa é condenada por regular empregadas que poderiam engravidar

Quando a gente pensa que já viu de tudo nessa vida relacionado à mulher, aí vem uma coisa que te surpreende ainda mais. Não acreditei quando li essa notícia. Mas vejam só. 

A Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Brasil Center Comunicações Ltda. a indenizar em R$ 50 mil uma operadora de telemarketing por estabelecer um "controle gestacional" de suas empregadas.

Na reclamação trabalhista, a empregada afirmou que a empresa teria realizado um "Programa de Gestação" a fim de regular qual empregada poderia ou não engravidar. Segundo ela, tal prática era ofensiva a sua honra e dignidade.

Conforme apurado, as regras eram enviadas por e-mail pela gerente e excluíam do cronograma as empregadas que não fossem casadas oficialmente. As que já tivessem filho somente poderiam engravidar depois das empregadas à frente na ordem de preferência. Se mais de uma empregada estivesse "elegível", a escolha deveria obedecer a ordem de chegada. O programa ainda orientava quem estivesse "elegível" para engravidar comunicar a empresa com antecedência de seis meses.

A gerente, em depoimento, disse que o e-mail não teria passado de uma "brincadeira envolvendo uma tentativa de colocar ordem na casa". A empresa, por sua vez, argumentou que sempre proporcionou à empregada plenas condições de trabalho, em ambiente confortável e seguro.

A 5ª Vara do Trabalho de Juiz de Fora (MG) decidiu pela condenação da empresa por danos morais no valor de R$ 20 mil. O juízo considerou o episódio do e-mail "extremamente inadequado", e entendeu que houve afronta à liberdade das empregadas. Já o Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG) considerou improcedente o pedido da empregada. Para o TRT não houve comprovação da proibição de engravidar em razão do procedimento adotado pela empresa. O caso chegou ao TST em recurso de revista interposto pela trabalhadora, visando ao restabelecimento da sentença.

"Fila"

O relator do processo na Sétima Turma, Ministro Vieira de Mello Filho, destacou que havia planilhas comprovando a existência de um "Programa Gestacional" criado por uma das representantes da empresa (a gerente), "no intuito de conciliar as gravidezes das empregadas com o atendimento das demandas de trabalho". As planilhas estabeleciam uma "fila de preferência para a atividade reprodutiva das trabalhadoras".

Esses documentos, segundo o relator, permitem concluir que todas as mulheres em idade reprodutiva constantes da planilha tiveram a sua dignidade e intimidade ofendidas, "destacadamente na possibilidade de decidirem com autonomia a respeito de seus projetos de vida, de felicidade e do seu corpo, resultando discriminadas em razão de sua condição feminina".

Em seu voto, Vieira de Mello ressalta que a Constituição Federal e a CLT já demonstram preocupação sobre a vulnerabilidade das mulheres no mercado de trabalho – a Constituição ao tratar da igualdade de direitos e obrigações entre homens e mulheres, e a CLT, nos artigos 373 e 391, sobre as condições de acesso da mulher ao mercado de trabalho e as ilicitudes de conduta voltadas a estas, incluindo-se aí o controle do estado gravídico das trabalhadoras. "Jamais imaginei ter de analisar um caso como esse", afirmou. O magistrado determinou que se oficiasse ao Ministério Público do Trabalho e ao Ministério do Trabalho para que tomem as providências cabíveis para coibir a prática.

Estejamos atentas. Casos desse tipo podem (e devem!!) ser denunciado à Justiça do Trabalho ou ao Ministério Público do Trabalho.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

Fonte: Tribunal Superior do Trabalho

Atenção aos problemas nos rins e à pressão alta nos pequenos

Problemas de saúde a gente sempre torce para que passem bem longe das nossas crianças. Mas sempre é bom estar atento para alguns sintomas e assim detectar desde o início se eles se manifestarem e assim tratar. Mesmo que não seja em alta incidência, problemas nos rins e de pressão alta acometem crianças e requerem muita atenção.

Hoje o blog traz algumas orientações dadas pelo Departamento de Nefrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) nesse sentido. O sangramento urinário pode variar do vermelho vivo ao marrom escuro, dependendo de algumas características próprias da urina e do local de origem do sangramento. O sangramento urinário deve ser confirmado por um exame de laboratório para se ter certeza de que é mesmo sangue e não outra alteração da urina. Determinados remédios, alguns antibióticos, vitaminas do complexo B, alimentos como beterraba e frutas vermelhas podem deixar a urina mais avermelhada.

As principais causas do sangue na urina
De forma geral, pode-se dizer que quando o sangramento ocorre sem outros sintomas como inchaço, febre, mal estar e alteração do volume urinário, a causa mais provável estará relacionada ao aumento do cálcio na urina. A “hipercalciúria” – como se diz – acontece muito em familiares com antecedente de ‘pedras’ ou cálculo nos rins. Porém, se o sangramento vem acompanhado por um ou mais dos sintomas acima citados, a causa mais provável será secundária a “doenças inflamatórias” dos rins.

Em ambas as situações os antecedentes de doenças renais no paciente e/ou na família são aspectos muito importantes para a determinação da causa do sangramento. Pode-se dizer que em várias situações, o sangramento é transitório e não define nenhuma causa específica, apresentando, na maioria dos casos, uma evolução benigna. Mas, de qualquer forma, todo sangramento na urina deve ser investigado pelo pediatra ou nefrologista pediátrico, sem demora.

Fralda descartável não causa infecção do trato urinário
Se a fralda é mal feita, ou se o organismo da criança tem alergia a alguma matéria-prima utilizada na fralda, ela poderá ter reações alérgicas, assaduras, infecções externas e dermatites de contato na região do períneo ou da genitália. Não há relação entre infecção do trato urinário e o uso de fraldas descartáveis.

Infecção no trato urinário deve ser investigada
Se seu filho teve infecção no trato urinário, deverão ser investigadas malformações e a presença de lesões e cicatrizes nos rins.

Criança pode ter pressão alta
A hipertensão arterial na criança e no adolescente tem duas causas principais:

A hipertensão é primária quando a família da criança (pais, tios, etc.) tem história de hipertensão ou se ela tem outros fatores relacionados como, por exemplo, a obesidade ou o sedentarismo.

A criança pode ter hipertensão secundária, que é causada por doenças que provocam a pressão elevada. Estas podem estar relacionadas com doenças renais ou nos vasos sanguíneos, por problemas cardiovasculares, endócrinos, por tumores ou outras condições clínicas menos frequentes.

Pressão normal varia com a idade da criança
A pressão arterial normal na criança varia com a idade, o sexo e a altura, sendo utilizados dados epidemiológicos comparativos. A determinação da pressão arterial envolve mensuração, técnica e interpretação adequada. O diagnóstico só pode ser dado pelo médico.

Os valores normais de pressão arterial constam de gráficos e tabelas conhecidas e divulgadas na literatura médica. Existem gráficos para crianças no primeiro ano de vida e tabelas para crianças e adolescentes de um a 17 anos de idade. Após os 18 anos a pressão arterial passa a ser classificada como estabelecida aos valores do adulto.

Alguns fatores aumentam o risco de uma criança ou adolescente apresentar ou mesmo desenvolver hipertensão arterial
Alguns fatores não podem ser modificados como, por exemplo, a hereditariedade e a raça. Existe maior risco de pressão alta em quem tem pais com hipertensão e na raça negra, por exemplo. Entretanto, outros fatores podem ser controlados. Dentre esses últimos, podemos citar: o excesso de peso, a inatividade física, o excesso de sal na dieta alimentar e o estresse, entre outros.

Quando os pais devem suspeitar que seu filho pode ser hipertenso?
A melhor forma de saber se o seu filho apresenta hipertensão arterial é medindo sua pressão. Médicos e enfermeiros treinados podem medir e interpretar a pressão das crianças e adolescentes usando equipamentos adequados. A grande maioria de crianças e adolescentes hipertensos não apresenta nenhum sintoma. Alguns pacientes, dependendo de antecedentes pessoais, do quadro familiar e das condições clínicas de base, poderão apresentam maior risco de hipertensão. Neste caso, recomenda-se medir a pressão com frequência, durante a consulta médica.

Alguns dos sintomas e sinais que crianças e adolescentes com hipertensão podem apresentar são: tonturas, sensação de falta de ar, palpitações, náuseas, dor de cabeça persistente, fadiga recorrente, problemas cardíacos, problemas neurológicos e alterações da visão, entre outros.

Portanto, a gente deve ficar bem atento à saúde de nossos pequenos.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)


Fonte: Departamento de Nefrologia da SBP

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Curso aborda a escola inclusiva com ênfase na aprendizagem do aluno com autismo


A Associação de Pais de Autistas de Sergipe (Apase) está realizando um curso voltado para as pessoas que trabalham com alunos com autismo. “Adequações curriculares e ensino colaborativo no contexto da escola inclusiva - ênfase na aprendizagem do aluno com autismo” é o tema do curso que acontece nos próximos dias 20 e 21, no auditório do Hospital São Lucas, em Aracaju (SE).

O curso será ministrado pela pedagoga e psicopedagoga Juliana de Cássia Baptistella Ciola, que há 18 anos atua na área do autismo. Juliana é coautora do livro “Vejo e aprendo: o ensino estruturado para pessoas com autismo”. O público alvo são educadores, estudantes, psicólogos, psicopedagogos, pais e demais interessados na temática.

De acordo com a organização, entre os objetivos do curso estão favorecer entre os profissionais a reflexão sobre sua prática pedagógica, bem como os ajustes necessários para que atendam às necessidades individuais das pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), assim como analisar a proposta de educação a partir do princípio da escola inclusiva. A carga horária do curso é de 12 horas e será emitido certificado para os participantes.


As inscrições podem ser feitas na sede da Apase (rua das Dálias, 31, no conjunto Inácio Barbosa, ou através da ficha de inscrição online, no www.apase-capazes.blogspot.com e mais informações através do telefone 79 3024-6703.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Anvisa proíbe distribuição e venda de produto alimentar infantil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e comercialização do produto Alimento em Pó para Dietas com Restrição de Fenilalanina, da marca Profenil 2, lote 2P082. A validade do lote é fevereiro de 2016. O produto é indicado para crianças de 1 a 8 anos de idade.

A resolução com a determinação da Anvisa está publicada na edição de hoje (8) do Diário Oficial da União. O produto é fabricado por Dynamic Lab Indústria Farmacêutica e o detentor da marca é a empresa Edetec Indústria Alimentícia.

A decisão da Anvisa foi tomada a partir de relatório de ensaio emitido pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) que não identificou no produto a presença do aminoácido valina, apesar de constar na lista de ingredientes. Constatou também que a presença do aminoácido isoleucina está 117% acima do valor declarado no rótulo do produto. A agência registra ainda que a empresa não solicitou perícia de contrapova, sendo o resultado da análise considerado definitivo.

Repassem essa importante informação!!

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

Fonte: Agência Brasil

Biblioteca Infantil tem programação especial para o mês de setembro

Com objetivo de incluir pequenos cidadãos no universo da leitura, a Biblioteca Pública Infantil Aglaé Fontes de Alencar (Biafa), realiza no mês de setembro uma programação voltada para o patriotismo, educação no trânsito, preservação da natureza e também a primavera.

A programação teve início na primeira semana do mês com a comemoração da Semana da Pátria, que contou com oficina de arte “Independência ou Morte”, Teatro de Bonecos e Sarau Poético. As atividades seguem no dia 18, às 9h momento em que os leitores poderão parodiar cantigas temáticas sobre o trânsito, e no dia 19, às 15h, quando será realizada uma oficina com objetos recicláveis e confecção de carrinhos de garrafa PET.

O encerramento das atividades se dará com a ‘Semana da Primavera’, entre os dias 23 e 26 de setembro, também às 9h e 15h, com mais uma oficina educativa, nomeada “Estação das flores”. Nesta mesma semana, a contação de histórias será promovida novamente, como forma de estimular ainda mais o gosto das crianças pela leitura.

Funcionamento
A ‘Biafa’ é uma unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), que além de oferecer um serviço constante de empréstimo de livros e gibis, realiza todo mês uma programação diferente, contendo uma série de atividades especiais. A Biblioteca Pública Infantil Aglaé Fontes de Alencar funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O telefone de contato é (79) 3179 1965.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

Fonte: Ascom Secult
Foto: Fabiana Costa/Secult

Curta-SE tem Festivalzinho para a garotada

A 14ª edição do Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (Curta-SE), que acontece aqui em Aracaju até o próximo dia 13, reservou uma programação especial para o público infantil. A 1ª e 2ª Mostra Informativa de Curtas – FESTIVALZINHO aconteceram na manhã desta quarta-feira, dia 10, no Cinema Vitória.

Os pequenos puderam assistir aos curtas de animação “A cero”, de Mina Trapp; “O homem que pintava músicas, de Jackson Abacatu; “Menina bonita do laço de fita”, de Diego Lopes e Claudio Bitencourt; “Anita”, de Carlos Carmona; e “O maestro do tempo”. 
Hoje à noite, a terceira mostra, com os mesmos curtas-metragens sendo exibidos, acontece na cidade de Laranjeiras, às 19 horas.

Nesta 14ª edição, o Curta-SE, realizado através da Lei de Incentivo à Cultura e apoio de diversos parceiros, acontece de 8 a 13 de setembro nas cidades Aracaju, São Cristóvão, Laranjeiras e Estância.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Fique atento à hidratação das crianças

O Brasil é um país ensolarado e de temperaturas elevadas. Seja nas praias, campos, parques, ou no dia a dia da cidade é preciso prestar atenção. As crianças costumam brincar bastante passando horas debaixo do sol. Se os pais não prevenirem os filhos, eles certamente irão sentir os efeitos desagradáveis da desidratação.

Tanto as crianças quantos os idosos são mais vulneráveis à desidratação. Isso ocorre devido a uma série de fatores fisiológicos do próprio corpo das crianças e idosos. Esse esclarecimento é feito pelo coordenador da Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Paulo Bonilha, que também é médico pediatra. “Tem também a questão da criança depender que o adulto lhe ofereça os líquidos. Muitas vezes ela fica brincando, e se ninguém pará-la para tomar suco ou água, ela não vai tomar”, explica Paulo.

Quando Érika de Paula Pinto, ecóloga de 35 anos, leva seu filho de cinco anos para brincar em parques ou clubes debaixo do sol quente, ela costuma ter dificuldades em convencê-lo a ficar bebendo água. “Ele é meio agoniado e não gosta de parar a brincadeira e tomar água, então tenho fazer algumas brincadeiras para incentivá-lo. Outra saída é dar fruta em vez de só líquidos. Fruta com bastante caldo, como a laranja. Ele até prefere”, relata Érika.

Minimizar a exposição excessiva ao sol, procurar lugares mais arejados e frescos, e oferecer líquidos frequentemente às crianças são algumas das sugestões do pediatra Paulo Bonilha para mantê-las hidratadas. “A oferta frequente de líquidos deve ser, especialmente, entre as refeições. Não se deve tomar muito líquido nas refeições porque atrapalha a digestão”, explica Bonilha. “Deve-se também usar protetor solar, além de boné e camiseta”, completa.

Apesar de frisar que o mais importante é ingerir água, Paulo também acha interessante complementar com outros líquidos, como sucos ou água de coco. “Esses outros líquidos trazem a oferta de sais minerais, cuja perda é maior no verão devido à transpiração”, ressalta o coordenador da Saúde da Criança e Aleitamento Materno.

Paulo Bonilha assegura que dificilmente a questão climática leva a uma desidratação grave, a não ser que a criança esteja com diarreia ou vômito. “De qualquer maneira, deve ser evitada porque traz um mal estar à criança, ela fica desanimada e diminui sua atividade”, lembra o coordenador. Alguns sinais para perceber a desidratação, segundo o especialista, são os longos períodos sem urinar, a boca sem saliva ou o choro sem lágrima.

Em casos de desidratação grave – que geralmente nas crianças está associada à diarreia ou vômitos – deve-se buscar na unidade de saúde mais próxima os sais ou soluções de hidratação oral, que são soros para repor o líquido perdido durante a desidratação.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

Fonte: Blog da Saúde
Foto: Blue Orange Studio

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

13º Congresso Brasileiro de Adolescência será realizado em Sergipe

Nos próximos dias 24 a 27 de setembro, será realizado em Sergipe, o 13º Congresso Brasileiro de Adolescência. O evento acontece no Prodigy Beach Resort, município de Barra dos Coqueiros. Na oportunidade, serão discutidos temas de interesse da assistência ao adolescente por todos aqueles que trabalham com eles.

Segundo a presidente da Sociedade Sergipana de Pediatria, Glória Tereza Lopes, este é um evento multidisciplinar onde todos que lidam com adolescentes estão convidados, médicos, educadores, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos, fonoaudiólogos, entre outros. “Teremos grandes especialistas em adolescência de todo o país presentes nas mesas e discussões que serão preciosas para aquisição de conhecimentos”, destacou.

A programação completa do 13º Congresso Brasileiro de Adolescência pode ser encontrada no site do evento: www.adolescencia2014.com.br. Dentro da programação do Congresso, acontece o Fórum Sergipano de Pediatria aberto a comunidade, gratuito, como uma prestação de serviço dos pediatras aos adolescentes e às famílias. No período da manhã, será realizada uma roda de conversa com especialistas dirigida aos adolescentes e à tarde, aos familiares. Para tanto, a coordenação conta com a sensibilidade das escolas em inscrever e transportar seus alunos até o local do evento.

As inscrições para o Congresso devem ser feitas através do site e para o Fórum, pelos telefones da Sociedade Sergipana de Pediatria: 79 3214-3940 e 9972-9832 ou pelo email: sosepe2000@yahoo.com.br.

Beijos

@conversinhademae (no IG)

@conversinhadmae (no Twitter)

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Natal Luz terá novidades em todos espetáculos e decoração ampliada

Falar de Gramado (RS) dá uma saudade danada... Sabe aquele lugar que você vai uma vez e parece que nasceu pra lá, que já faz parte da sua vida. Assim é Gramado. Viajamos apenas uma vez para lá, mas não vemos a hora de retornar, dessa vez levando nossa pequena ruivinha para apreciar o Natal mais belo que já vimos.

E as novidades do Natal Luz desse ano já foram divulgadas. A 29ª edição do Natal Luz de Gramado que inicia no dia 30 de outubro e vai até o dia 11 de janeiro do próximo ano apresentará inúmeras novidades, entre as quais a ampliação da decoração natalina da cidade e as mudanças de roteiros nos espetáculos Nativitaten, Fantástica Fábrica de Natal, Grande Desfile de Natal e Natalis, os mais conhecidos da extensa programação.

A partir deste ano, a direção artística do Natal Luz passa a ser de Voltaire Danckwardt, que conta com o apoio de Gilberto Perin na direção do Nativitaten, de Luís Artur Nunes na direção do Grande Desfile e na Fantástica Fábrica de Natal, e Sérgio Korsakoff na condução do Natalis. A direção musical dos espetáculos é do maestro Antônio Borges Cunha e do compositor Vagner Cunha.
O Nativitaten, espetáculo mais tradicional do Natal Luz de Gramado, terá uma trilha musical totalmente renovada, com a presença de cinco solistas nas balsas colocadas estrategicamente no Lago Joaquina Rita Bier. São um barítono, um tenor, uma soprano, uma mezzo soprana e um contralto, acompanhados de um coral de 100 vozes. Na ilha do lago, haverá uma intervenção sobre o nascimento de Jesus Cristo. “Vamos resgatar a religiosidade”, disse Voltaire.

Outra alteração será o roteiro da Fantástica Fábrica de Natal. A menina Sofia agora terá a companhia de Alice, e o roteiro e as músicas foram totalmente renovados. Sofia e sua amiga não chegarão mais à Fábrica através de uma tirolesa, mas, sim, em um balão que pousará no palco. “Este palco terá também uma novidade para interagir melhor com o público, e vai entrar em torno de 13 metros para dentro da plateia”, conta o diretor Voltaire Danckwardt.
O Grande Desfile de Natal terá mudanças no roteiro e no local de apresentação. Serão 11 carros alegóricos e várias composições para cada trecho do desfile, que acontecerá em uma pista especialmente construída no ExpoGramado. O espetáculo contará com 393 figurantes – todos gramadenses, um recorde na história do espetáculo. Além disso, a capacidade de público aumentará de 3,2 mil para 4,2 mil, que ficarão totalmente abrigados em caso de chuva. Também haverá um espaço VIP, o Tapete Vermelho, que já era utilizado em outros espetáculos do Natal Luz.

“Com a mudança de local do desfile, vamos ganhar na mobilidade urbana e na acessibilidade”, comenta João Pedro Till, presidente da Gramadotur, Autarquia Municipal responsável pela realização do Natal Luz. “O simples fato de não trancarmos a Avenida das Hortênsias, permitirá a liberação mais fácil do acesso ao Hospital São Miguel e dos turistas ao comércio”, complementa.

O Natalis conta este ano com 17 apresentações no Lago Joaquina Rita Bier. O espetáculo que conta a história da celebração do nascimento de Jesus Cristo terá novamente a voz de Cid Moreira na narrativa tudo realizado em gigantescas telas de água com dimensões de até 200 m² de área de projeção, reunindo extraordinários efeitos sonoros, luminosos, com águas dançantes e fogos sincronizados.

Quem visitar Gramado durante os 74 dias do Natal Luz encontrará, também, outros espetáculos, como os que acontecerão na Rua Coberta, na Igreja Matriz São Pedro e no Palácio dos Festivais. A Rua Coberta receberá o Natal Tchê (com oito apresentações), a Orquestra de Violões de Gramado (com 20 apresentações) e a Orquestra Sinfônica de Teotônia (RS), que fará apresentações no dia 30 de novembro e no dia 6 de dezembro, sempre às 20 horas.

Também na Rua Coberta acontecem os happy hours, com a exibição do Natal em Cordas, do músico Marcelo Caminha, com músicas natalinas interpretadas com acentuado sotaque gaúcho. Rodrigo Solton, e seu piano de cristal, o pianista Léo Kasper e a soprano Simone Razlan serão outras atrações dos happy hours, que contarão, ainda, com as apresentações das bandas Irish Fellas (músicas irlandesas), Blue Grass, Corsários Inversos e o Quinteto de Cordas.

No Palácio dos Festivais haverá apresentações do filme “As Aventuras de Noel”, em 4D.

O Natal Luz deste ano também ganhará um tom mais religioso, com a realização das Cantatas Natalinas, às 18 horas, com as missas dominicais cantadas, que acontecerão na Igreja Matriz São Pedro aos domingos, a partir das 10h30min. “A Igreja Matriz será explorada interna e externamente”, afirma o presidente da Gramadotur, João Pedro Till, referindo-se, também, aos espetáculos de acendimento de luzes, que acontece diariamente. O acendimento, aliás, será mudado em relação a edições anteriores. As luzes serão acesas a partir de dois pontos extremos da Avenida Borges de Medeiros, culminando com a iluminação total na Igreja Matriz, sempre às 21 horas.

Outra novidade é a realização da Feira Natalina em área do ExpoGramado. Ali, junto aos prédios utilizados pela Festa da Colônia, haverá a Casa do Papai Noel e a apresentação de espetáculos com artistas locais. Entre as atrações, estão os espetáculos Era uma Vez, Todo Menino é um Rei, Clown Noela, Folia de Reis, Fritz – o Chapéu do Papai Noel, além de teatro de bonecos e apresentações de corais. Uma nova personagem, a Vovó Noela, ensinará as crianças a fazerem biscoitos junto aos fornos.

As atrações não param por aí. As Paradas de Natal sairão do Expo e irão até a esquina da avenida Borges de Medeiros com avenida das Hortênsias. No total, serão realizadas 49 apresentações.

Outras duas atrações serão instaladas na área central da cidade: a já tradicional Rena Parade, pintadas por artistas plásticos de Gramado, e a Exposição de Quebra Nozes, que este ano será inspirada na fábula “O Rei Quebra Nozes e o Pobre Reinhold”.

Decoração ampliada
A decoração das ruas centrais de Gramado também será ampliada, com a ampliação da Avenida Borges de Medeiros até o ExpoGramado e a inclusão das ruas São Pedro e Garibaldi. Na principal rótula da cidade, na esquina da Borges com a Avenida das Hortênsias, será instalada uma árvore natalina de 11 metros de altura, com um carrossel, A árvore será totalmente feita com garrafas pet. Haverá, ainda, uma árvore natalina no ExpoGramado, e a Árvore Encantada, em frente à Igreja Matriz, totalmente esculpida em 3D. Esta última tem inspiração no Natal da Alemanha, e possui um dispositivo para a queda de neve que será acionado no auge do espetáculo do acendimento de luzes da cidade.

Durante o período de Natal, cerca de 1,5 milhão de pessoas visitam a Gramado, dos quais, cerca de 300 mil assistem aos seus espetáculos. O que poucos sabem, é que o evento é preparado durante o ano todo, movimentando mais de 300 pessoas, entre coordenadores, administradores, produtores, iluminadores, técnicos em sonorização, artistas plásticos, diretores e atores.

Para este ano, a previsão é de um crescimento de 10% em relação ao ano anterior. Até o final de agosto, 67 mil ingressos já haviam sido comercializados pelas agências de viagem e através da internet, através do site www.blueticket.com.br. Mais informações: www.natalluzdegramado.com.br.

Realmente, um sonho!!!

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

Fonte: Assessoria de Imprensa
Crédito: Cleiton Thiele

“Folcloriando na Terra do Caju” em cartaz no Museu da Gente Sergipana



Quer programação cultural para o final de semana? Conversinha de Mãe tem dica, sim, para você. Depois do sucesso da temporada de “Zé, o menino que queria ser peixe”, mais um espetáculo teatral será apresentado todos os sábados do mês de setembro no átrio do Museu da Gente Sergipana. Com a promoção do Café da Gente e o apoio do Instituto Banese e do Museu da Gente, a Cia História Encena apresentará a peça “Folcloriando na Terra do Caju”.

Encenado pela Cia História Encena, “Folcloriando na Terra do Caju” cria o universo de seres e acontecimentos através de uma divertida história sobre os principais elementos que compõem o folclore. Utilizando-se de técnicas de comédia Dell’arte, a peça é um drama com personagens jacosos e satíricos cuja finalidade principal é provocar o riso e a reflexão.

Na peça, o folclore está cansado com o descaso das pessoas e por isso resolve que não quer mais existir, e com essa decisão toda magia dos mitos, folguedos, lendas, artesanato e literatura somem junto com ele. Polvorosos essas criaturas ganham vida e tentam convencer o folclore de uma decisão contrária. E em meio a muita confusão, contos, ritmos e tradição é que vamos ficar convencidos como é bom folcloriar na terra do caju. O espetáculo está em cartaz desde 2011.

As apresentações da temporada acontecerão nos dias 6, 13, 20 e 27 de setembro, às 17h, no átrio do Museu da Gente Sergipana. Os ingressos custam R$ 20 inteira e R$ 10 meia. Adultos acompanhados de crianças pagam meia. Mais informações podem ser obtidas com a diretora do espetáculo, Lina Regina, através do telefone (79) 9966-5205.

Cia História Encena – A cia de teatro foi criada há 6 anos por um grupo de atores e historiadores que tem como pauta de seu projeto artístico trabalhar contextos da cultura e história sergipana, destacando-se no cenário nacional pelo ineditismo da proposta e sua concepção estética.

Fica a dica.

Beijos

@conversinhademae (no IG)
@conversinhadmae (no Twitter)

Fonte: Ascom/MGS