segunda-feira, 2 de março de 2015

Vem novidade: Aline Barros a todo vapor na gravação do novo DV

 Em breve teremos novidade para a criançada. A cantora Aline Barros está gravando seu mais novo DVD. O seu trabalho mais recente, Aline Barros & Cia Tim-tim por Tim-tim, está com as gravações a todo vapor, no Rio de Janeiro. A criançada (e alguns grandinhos também!) está na maior expectativa para ver como ficou o resultado. Aqui em casa já temos o CD, que é hit no som do carro. 
Aline e sua pequena Maria Catherine
O DVD tem a participação mais que especial da caçula da cantora, Maria Catherine, que com apenas dois anos faz uma participação. A pequena cantou, dançou, “tocou guitarra” e se divertiu muito na gravação da música “Maria Dança”. Aline também é mãe de Nicolas, de 12 anos.

Além da Maria, filhos de outros cantores gospel do cast da gravadora MK também participarão, como os de Bruna Karla, Pastor Lucas, Regis Danese, a Brenda. Vamos ficar na expectativa desse novo DVD, que em breve estará nas lojas. Por aqui estamos aguardando...

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae


Fonte: Comunicação Grupo MK 

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Redinha para criança comer frutas: ajuda ou atrapalha?

Sabemos que o aleitamento materno exclusivo é indicado até a criança completar o sexto mês. Porém, passado esse período, a recomendação é introduzir outras fontes nutricionais para completar a dieta e suprir as necessidades do bebê.

Mas, embora a tarefa pareça simples, ela não é. Por isso, para acertar na quantidade de alimentos oferecidos aos pequenos, muitos pais contam com o auxílio de alguns acessórios para a alimentação, como é o caso das redinhas de frutas. Entretanto, será que o uso é benéfico para a saúde do bebê?

De acordo com a fonoaudióloga e coach Patricia Antoniazi, a redinha para frutas entra no quesito “dispensável” para as crianças porque, embora o objeto seja comercializado como algo que ajudaria o bebê a não engasgar, não proporciona oportunidades para o exercício da mastigação e estimulação oral do pequeno. “A redinha para alimentos impede que a criança sinta a textura e manipule adequadamente o alimento na cavidade oral”, descreve a especialista.

Ou seja, a recomendação é que a criança adquira o controle oral do alimento, manipule-o na boca, misture-o com a saliva e, claro, aprenda a realizar a mastigação que deve ser feita, inicialmente, em vertical. “Próximo aos seis meses os lábios apresentam movimentos ativos, começando a auxiliar a retirada dos alimentos com a colher”, explica Patricia.

Neste caso, a língua começa a realizar movimentos dissociados da mandíbula, com pequenas elevações e amassamento frente a alimentos mais consistentes. “A abertura da boca ocorre frente à aproximação da colher. Nessa fase, outros alimentos mais consistentes podem ser oferecidos ao bebê conforme a orientação de seu pediatra”, afirma a fonoaudióloga.

Mastigação depois dos seis meses
Segundo Antoniazi, quando o bebê é exposto a alimentos com texturas, consistências e sabores diferentes proporciona experiências sensoriais que farão com que aprenda movimentos mais adequados para a realização da sucção, deglutição e mastigação. “O seu desenvolvimento psicomotor e o aparecimento dos dentes incisivos vão permitir-lhe começar a mastigar com movimentos cada vez mais elaborados”, esclarece.

Aos sete meses, a língua começa a esboçar movimentos de lateralização. Os lábios estão mais ativos para a retirada do alimento na colher. “Não se observa baba após os seis meses, apenas no período de nascimento dos dentes. Entre seis e nove meses, o estímulo sensitivo para provocar o reflexo de vômito, encontra-se no terço posterior da língua e, a partir deste período, o reflexo de tosse começa a emergir”, elucida a especialista.

Músculos fortes e desenvolvidos
Como os músculos das bochechas, lábios e faringe ficam mais fortes, o bebê descobre que consegue partir alimentos na boca e que é capaz de comer alimentos em pequenos pedaços. “Enquanto o bebê aperfeiçoa a sua técnica de mastigação, a sua mandíbula e maxila se desenvolvem. Se a diversificação alimentar desenvolve-se de forma progressiva, a criança terá menos infecções dos ouvidos e, mais tarde, terão visitas menos frequentes ao dentista”, informa Patricia.

Além disso, durante esta fase a criança aprende a mastigar e não corre riscos de engasgar se forem proporcionados estímulos naturais. “A preguiça de mastigar acontece pela falta de experiência causando hipotonia dos músculos da língua, lábios e bochecha. Isto é, a flacidez desses músculos é provocada pela falta de exercício na região oral, trazendo sérios prejuízos, em especial, na formação dos dentinhos e aquisição da fala”, diz a fonoaudióloga.

Já na fala madura e fluente utilizamos mais de quinhentos ajustes musculares por segundo envolvendo todo o trato vocal. “As especificações do sistema de controle necessárias para atingir um nível de precisão estão muito além da nossa imaginação”, garante Antoniazi.

Veja as dicas da Patricia Antoniazi para um bom desenvolvimento da mastigação:

·Evite liquidificar ou passar os alimentos na peneira;

·Amasse com um garfo os alimentos para que a criança possa se acostumar com as texturas;

·Conforme a criança vai crescendo e surgem mais dentes, aumente os pedaços amassados;

·Prefira as colheres de silicone, pois oferecem mais segurança caso o bebê venha a mordê-las, além de não esquentar como as de metal;

·Ofereça alimentos de texturas variadas. Sendo assim, não ofereça só pães do tipo bisnaguinha ou carnes moídas. Desenvolva a mastigação de seu filho;

·Sirva frutas picadas para que a criança se acostume a comê-las;

·Estimule seu filho a comer todos os tipos de alimento. Assim, sua mastigação será eficiente e vocês provavelmente não terão problemas de alimentação.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae


Fonte: Patricia Antoniazi, fonoaudióloga e coach

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Agendinha Kids: fantasminha e fantasia no palco e telonas

Por aí todo mundo com as baterias carregadas para o final de semana? Tomara que sim, porque algumas opções para curtir momentos especiais em família nós trazemos aqui, na Agendinha Kids do blog Conversinha de Mãe. Espero que curtam bem esses dias com a criançada.

TEATRO

“Pluft, o fantasminha”
Data: 01/03 (domingo)
Horário: 17h
Local: Teatro Tobias Barreto

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Vacinação contra HPV agora será a partir dos 9 anos

A partir agora do mês de março, a Saúde de Saúde de Aracaju vai passar a ofertar a vacina contra papiloma vírus humano (HPV) para as meninas com idade de 9 a 11 anos. A vacina, que é a forma mais eficaz de prevenção contra o câncer de colo de útero, vinha sendo ofertada nas Unidades de Saúde da Família apenas para meninas dos 11 aos 13 anos.

Conforme a coordenadora do Programa de Imunização da Saúde de Aracaju, Débora Moura, a ampliação da oferta é uma determinação nacional feita pelo Ministério da Saúde. “Quanto mais cedo se inicia a prevenção, melhor. O Ministério da Saúde orienta a oferta da vacina ainda no início da adolescência para garantir que maior parte da população possa ficar protegida”, explica, acrescentando que nos próximos dias a Saúde vai divulgar a data de abertura da vacinação nos postos.

Este ano, a Saúde vai trabalhar em parceria com as secretarias estadual e municipal da educação para que, durante as aulas, os professores orientem os alunos sobre os benefícios da vacina e a importância de se prevenir o câncer do colo do útero.

Outra preocupação é a necessidade de chamar meninas de 11 a 13 anos já vacinadas nas primeiras campanhas para retornarem às Unidade de Saúde e receberem a segunda dose da vacina. Débora Moura reforça que a Vacina contra o HPV só surte efeito após aplicação da segunda dose.

“Nos preocupa o fato de que até o momento apenas 50% das jovens vacinadas no Município retornaram para receber a segunda dose. Apenas com a primeira dose não acontece a imunização. A dose imunizante é a segunda. Conforme divulga o Ministério da Saúde, após a primeira dose, as garotas têm a capacidade de defesa contra o vírus aumentada em 20%.  Já com a segunda, a capacidade de defesa do corpo é elevada a cerca de 80%. A terceira e última dose funciona como um reforço, por isso a gente pede aos pais que levem sua meninas, entre 11 e 13 anos de idade para tomar a vacina”, explicou a coordenadora.

A vacina disponibilizada protege contra quatro subtipos do HPV, sendo dois deles responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero.

Beijos

Siga-nos nas redes sociais:
@conversinhademae (no Instagram)
@conversinhadmae (no Twitter)


Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/conversinhademae

Fonte e foto: Ascom/SMS

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Lei que estabelece peso das mochilas escolares em pauta no Senado



Na pauta da sessão deliberativa marcada para hoje no Senado deve estar incluído o Projeto de Lei Complementar (PLC) 66/2012. O projeto fixa em 15% do peso corporal do estudante o limite para o peso das mochilas com material escolar. A gente sabe que cada dia é maior o volume de coisas levadas por crianças e adolescentes nas mochilas para a escola.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Bebidas prontas poderão ter que alertar sobre os malefícios do excesso de açúcar

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Além de informar sobre a quantidade de açúcar presente e teor calórico, o rótulo das bebidas prontas, como refrigerantes e sucos industrializados, poderão ter que também alertar sobre os males causados por seu consumo excessivo. Essa é a proposta do Projeto de Lei do Senado (PLS) 8/2015, apresentado pelo senador José Medeiros (PPS/MT). Esse é mais um reforço na lei 8.918/94, que regula a padronização, a classificação, o registro, a inspeção, a produção e a fiscalização de bebidas no país.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Agendinha Kids: feira de livros

Chegou o final de semana. Viva!!!!! Hoje o blog Conversinha de Mãe traz uma dica bem legal de programinha cultural pra fazer com as crianças. Pelo menos aqui em casa a gente a-m-a!  As meninas aqui são booklovers. É a feira de livros que está acontecendo no Shopping Jardins, aqui em Aracaju. Promovida pelo Ponto Cultural, a feira tem, basicamente, livros voltados para o público infantil e infanto-juvenil.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O que fazer em caso de engasgo de criança?

Moedas são um perigo quando se fala em engasgo em crianças
Infelizmente, semana passada tivemos a notícia aqui de uma criança de dois anos que morreu depois que se engasgou com uma parte de uma caneta que estava em casa. É triste, mas, infelizmente, muitos casos como esses acontecem todos os anos. Objetos pequenos e que estão presentes em nossa casa são responsáveis por esses pequenos acidentes que nos dão sustos terríveis e, muitas vezes, acabam em tragédias como essas.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Mamães agora encontram Lansinoh no Brasil

Uma boa notícia para as mamães que estão amamentando. É que agora a pomada de lanolina Lansinoh, número 1 nos EUA e utilizada por mamães em mais de 60 países, agora pode ser facilmente encontrada no Brasil em diferentes pontos de vendas. Indicada para hidratar e prevenir fissuras mamilares, é o único produto no mercado que apresenta em sua composição a lanolina HPA 100% natural. 

A Turma da Mônica cresceu: olha o Marcelinho aí!!

Todos os outros filhos do Mauricio de Sousa já tinham ganhado vida nas histórias em quadrinho, menos o mais novo, o Marcelo. Nas páginas dos gibis da Turma da Mônica a gente já tinha se deparado com a Mônica, Mariângela (Maria Cebolinha), Magali, Mauricio Spada (Professor Spada e Dr. Spam), as gêmeas Vanda e Valéria, Mauro (Nimbus), Marina e Mauricio Takeda (Do Contra), mas agora um novo personagem foi apresentado à criançada (e a nós adultos também).

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Atenção redobrada com as crianças no Carnaval

Carnaval é tempo de folia, muita dança e diversão. Mas quem vai cair na folia com criança não deve esquecer de alguns cuidados fundamentais. Lá vão algumas dicas pra a festa não acabar em tristeza:

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Carnaval: final de semana estendido

Fim de semana chegou e esse promete... ao invés de dois dias, teremos o sábado, domingo, segunda e terça-feira de folga (quem pode terá ainda a quarta-feira). Isso porque já é carnaval na cidade. Na minha, na sua, na nossa. Se vai cair na folia, muito cuidado, especialmente com as crianças. Se não vai viajar, o blog Conversinha de Mãe traz várias dicas de passeio para curtir esse finalzão de semana. Então, é só aproveitar!!!!

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Fantasia: pequeninos na folia

A fofíssima Bia Branca de Neve, clicada por Ayale Andrade
Quem disse que folia é coisa de gente grande? As crianças menores também curtem vestir a fantasia e dançar ao som das marchinhas. As mamães babam!!!! Ou alguém duvida disso? As lojas de fantasia estão cheias de opções. São tantas que a indecisão impera na hora da escolha.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

“Pluft, o fantasminha” no Teatro Tobias Barreto

No próximo dia 1º de março, às 17 horas, estreia no palco do Teatro Tobias Barreto, em Aracaju (SE), a peça “Pluft, o fantasminha”. Inspirada no clássico de Maria Clara Machado, o espetáculo é a nova montagem do Grupo Raízes, com direção de Jorge Lins. A superprodução conta com quase 50 artistas em cena.

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Praia do Theo: uma colorida e animada festa de 2 anos

A mamãe Rosa Alina queria que a festa de 2 aninhos do lindo Theo fosse muito especial e bem do jeitinho dele. E foi juntando duas coisas que ele gosta muito – praia e a turma do Mickey – que ela definiu o tema: Praia do Theo, com os personagens da turma do ratinho mais animado da Disney.